Lua Nova desta terça, 2, interfere positivamente nos signos do zodíaco

Saiba quais serão as principais interferências astrológicas do fenômeno lunar

Por Isabella Otto Atualizado em 2 jul 2019, 19h49 - Publicado em 2 jul 2019, 14h30

Enquanto você lê esta matéria, a Lua Nova já está agindo no céu astrológico. Ela, que começou na madrugada desta terça-feira (2/7), promete energizar os signos de maneira positiva, dando um gás a mais para que a gente consiga iniciar novos projetos e tomar atitudes até então procrastinadas.

RomoloTavani/Getty Images

Não importa o período, na astrologia, toda Lua Nova representa o começo de um novo ciclo lunar e, consequentemente, pessoal. É por isso que o período é propício para você dar o start em algo, que pode estar relacionado a qualquer setor: amoroso, profissional, escolar, familiar… Estava pensando em criar algo? Já faz um tempo que precisa tomar um decisão, mas ainda estava na dúvida? Quer fazer uma viagem? O momento é agora – mesmo que apenas para iniciar os planejamentos.

Talvez esse outro fator não te interesse tanto assim no momento, mas a fase da Lua Nova é a mais energética para as mulheres que estão tentando engravidar. Fertilidade é a palavra! Está longe dos seus planos se tornar mãe? Bem, a fertilidade se estende para os outros âmbitos da vida. É o lance de os astros darem um empurrãozinho a mais na criação de alguma coisa, como já falamos aqui anteriormente.

Mas então a Lua Nova de julho não tem nada de diferente? Tem, sim! Neste mês, temos a entrada de Marte em Leão. O planeta, relacionado à guerra, é um dos mais cheios de personalidade. Sua entrada no signo de fogo dá uma impulsionada nessa energia extra que sentiremos para (re)começar. A gente vai se sentir mais disposto, com vontade de colocar a mão na massa e tirar os planos do papel. Se tem uma coisa que Marte em Leão faz com maestria, essa coisa é empoderar! Nem o Mercúrio retrógrado que se inicia no dia 7 vai ser forte o bastante para mudar tal cenário…

Aproveita e assiste ao vídeo do horóscopo mensal de julho:

Continua após a publicidade

Publicidade