Lizzo deu um aulão aberto sobre gordofobia durante passagem pelo Brasil

"'Você merece!' é uma das coisas mais poderosas que você pode dizer para si mesma", disse a cantora durante entrevista.

Por Isabella Otto - Atualizado em 13 fev 2020, 15h00 - Publicado em 13 fev 2020, 14h00

Durante sua recente passagem pelo Brasil, a cantora Lizzo concedeu algumas entrevistas. Uma delas foi para a TV Folha e, debochada, a norte-americana deu uma aula sobre gordofobia e feminismo para o repórter.

Lizzo curtindo uma prainha em Copacabana entre um compromisso e outro. Reprodução/Reprodução

Já no começo do vídeo, Lizzo diz que o homem estava fazendo perguntas difíceis e que receberia respostas difíceis. Em determinado momento da entrevista, ela foi questionada sobre estar fora dos padrões de beleza e se ela acreditava que isso tinha ajudado a torná-la famosa. “O que é a beleza convencional?(…) Eu não acho que é por isso que sou bem-sucedida. Eu acho que sou bem-sucedida porque sou muito talentosa e trabalho duro”, disse.

Em outro momento da conversa, Lizzo disse para o repórter que nenhuma mulher fica falando por aí “esse não é um pênis convencional, é muito pequeno”, o que só prova que ainda existem dois pesos e duas medidas. “Eu penso que as mulheres sempre vão ser criticadas por existirem em seus corpos e não acho que eu seja diferente de qualquer grande mulher que veio antes de mim. Elas tiveram que ser politizadas só por serem sexualizadas. Existem coisas nelas que são ou bonitas ou chamadas de falhas, e elas persistiram e lutaram contra isso. E agora eu sou capaz de fazer o que eu faço por causa dessas mulheres(…) E todas elas precisam lidar com o mesmo tipo de marginalização e misoginia“, completou a fala.

 

Continua após a publicidade

No Twitter, alguns fãs da cantora não se sentiram muito felizes e bem representados com a entrevista do veículo:

Em outro bate-papo, concedido para o Papelpop, o mesmo assunto foi abordado, só que de maneira diferente. O repórter perguntou para Lizzo quando ela parou de se autodepreciar levando em conta o que os outros falavam sobre ela. “Essa é uma pergunta muito boa”, disse a cantora, que completou: “é um assunto que eu acabei de aprender comigo mesma, que é a auto-conversa negativa, que é a autodepreciação que eu não percebia. São detalhes(…) Por que se tratar com negatividade é tão normalizado?“, questionou.

Lizzo ainda disse que, mesmo hoje amando seu corpo e quem é, ela ainda se pega tento conversas negativas consigo mesmo e que está tentando mudar isso. “A gente precisa normalizar a auto-conversa positiva(…) ‘Você merece!’ é uma das coisas mais poderosas que você pode dizer para si mesma”, garantiu.

Continua após a publicidade

Com as falas da Lizzo, é possível perceber que, às vezes, mesmo sem querer, até mesmo a mais inocente das nossas dúvidas vem carregada de preconceitos, justamente pela forma como nós a elaboramos – geralmente, reforçando padrões estéticos sem perceber. Quando isso acontecer, ou quando você sentir que não é merecedora de coisas, principalmente boas, que acontecem na sua vida, lembre-se dos sábios conselhos da cantora AND FIGHT LIKE LIZZO. 😉

Publicidade