Influenciadora Sarah Fonseca denuncia racismo sofrido em padaria do RJ

"Me senti humilhada", desabafou a empresária, que é negra e namora um homem branco, que estava com ela na ocasião

Por Bruna Nunes 7 mar 2022, 15h32

A influenciadora Sarah Fonseca, que tem mais de 550 mil seguidores no Instagram e é dona da marca Sr. Biju, foi vítima de racismo na manhã desta segunda-feira (7), na padaria Baked, localizada em Ipanema, no Rio de Janeiro. Ela usou as redes sociais para expor o caso e relatar o que aconteceu. 

Print dos Stories da influenciadora Sarah Fonseca denunciando um caso de racismo
Nos Stories, Sarah expôs o ocorrido Instagram/Reprodução

“Meu namorado, a mãe dele e o marido dela estavam sentados nas mesas da calçada da padaria. Atravessei a rua e fui na direção deles, porque precisava pegar a chave do apartamento com o Valentin [o namorado]. Assim que cheguei à mesa, mal consegui falar e um funcionário da Baked já apareceu do meu lado superrápido, falando para eu sair de lá, como se eu estivesse perturbando eles”, contou Sarah, que entendeu que foi tratada dessa maneira porque é uma mulher negra e seu namorado é branco.

A influenciadora disse que ficou em choque e se sentiu humilhada. “Eu não consigo descrever a raiva que estou sentindo. Ele achou que eu estava fazendo o quê? Por que eu deveria sair? Depois que eu me exaltei e gritei com ele, ele começou a dizer que eu estava enganada, que não era nada daquilo. Normal, né? Nunca é injúria racial. Deve ser coisa da nossa cabeça. Já estou em contato com a minha advogada e já estou fazendo um boletim de ocorrência. Isso não vai ficar assim”, declarou.

Continua após a publicidade

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Sarah Fonseca (@sarahafonseca)

A padaria lançou uma nota de repúdio nas redes sociais. No texto, informam que o homem em questão não é funcionário contratado do estabelecimento e que estão correndo atrás das medidas cabíveis para ajudar Sarah: “Temos vídeos, testemunhas e funcionários à disposição para o que ela precisar. Lamentamos muito que um ato como esse possa ter acontecido, principalmente em nossa loja, e reiteramos que tal postura é totalmente contrária aos valores da empresa. A Baked repudia toda e qualquer discriminação”.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por | BAKED (@baked.padaria)

Como já dizia Mano Brown: “Depois que inventaram a desculpa…”

Continua após a publicidade

Publicidade