Garota de 16 anos é estuprada e morta pelo ex ‘que não conseguiu superar’

Polícia acredita que ex-namorado tenha contado com a ajuda de outros homens para cometer os crimes.

Por Da Redação - 27 nov 2018, 16h30

No último sábado, 24, Luana Maciel dos Santos foi morta a facadas em Apiaí, no Vale do Ribeira, em São Paulo. Ao que tudo indica, a jovem de 16 anos foi assassinada pelo ex-namorado, Josemar de Paula Siqueira, de 33.

Luana e Josemar. Arquivo Pessoal/Reprodução

De acordo com a polícia, que segue investigando o caso, o corpo da estudante foi encontrado na casa da irmã com perfurações. Havia sangue espalhado em vários cômodos da residência. Foi feita uma perícia para confirmar a causa da morte e percebeu-se também que a adolescente tinha marcas de violência sexual.

As autoridades acreditam que o estupro tenha acontecido antes do assassinato, e que Josemar tenha tido a ajuda de outros homens para cometer os crimes. Contatado pelo G1, o delegado Valmir Oliveira Barbosa disse que os familiares da vítimas garantiram que o homem tinha um histórico de agressões e ameaças.

O delegado ainda falou que a polícia está trabalhando para ver se o estupro foi cometido pelo ex-namorado, pelos outros possíveis homens que estavam no local ou se foi coletivo. “Havia graves machucados no ânus dela“, relatou Valmir.

Josemar de Paula Siqueira está em prisão preventiva, mas segue negando as acusações.

Continua após a publicidade
Publicidade