Garota de 16 anos é estuprada e morta pelo ex ‘que não conseguiu superar’

Polícia acredita que ex-namorado tenha contado com a ajuda de outros homens para cometer os crimes.

Por Da Redação - 27 nov 2018, 16h30

No último sábado, 24, Luana Maciel dos Santos foi morta a facadas em Apiaí, no Vale do Ribeira, em São Paulo. Ao que tudo indica, a jovem de 16 anos foi assassinada pelo ex-namorado, Josemar de Paula Siqueira, de 33.

Luana e Josemar. Arquivo Pessoal/Reprodução

De acordo com a polícia, que segue investigando o caso, o corpo da estudante foi encontrado na casa da irmã com perfurações. Havia sangue espalhado em vários cômodos da residência. Foi feita uma perícia para confirmar a causa da morte e percebeu-se também que a adolescente tinha marcas de violência sexual.

As autoridades acreditam que o estupro tenha acontecido antes do assassinato, e que Josemar tenha tido a ajuda de outros homens para cometer os crimes. Contatado pelo G1, o delegado Valmir Oliveira Barbosa disse que os familiares da vítimas garantiram que o homem tinha um histórico de agressões e ameaças.

O delegado ainda falou que a polícia está trabalhando para ver se o estupro foi cometido pelo ex-namorado, pelos outros possíveis homens que estavam no local ou se foi coletivo. “Havia graves machucados no ânus dela“, relatou Valmir.

Continua após a publicidade

Josemar de Paula Siqueira está em prisão preventiva, mas segue negando as acusações.

Publicidade