Fotografia: dicas sobre câmeras analógicas

Por Da Redação Atualizado em 24 ago 2016, 21h01 - Publicado em 18 dez 2015, 16h44

Mesmo na era digital, as câmeras analógicas não param de ganhar espaço no mundo da fotografia! Parece que as fotos “que só ficam prontas depois de revelar o filme” realmente conquistaram muitos fãs. 🙂

Para tirar as dúvidas,   conversamos com uma especialista no assunto: a Lari, do  Lomogracinha , um blog todo dedicado a fotografia.

Foto: Larissa Coutinho

Qual é a graça de fotografar com analógicas? Lari: Pra mim a graça toda é escolher o filme, a câmera, pensar mais na foto e ter toda aquela ansiedade para saber como ficou a foto. Acho que no caso das câmeras analógicas esse processo é tão ou mais legal do que a foto em si!

Qual é a melhor analógica pra quem quer começar? Lari: Entre as câmeras lomográficas eu ficaria com a Diana Mini, Actionsampler, La Sardina, Fisheye… são todas câmeras de filme comum, com poucos comandos e fáceis de mexer. Entre as câmeras “normais”: a Olympus Trip 35 é maravilhosa, comprei a minha por R$40,00 e é minha câmera favorita. 🙂

Actionsampler – Fotos: lomography.com.br

Diana Mini – Fotos: lomography.com.br

Fisheye – Fotos: lomography.com.br

La Sardina – Fotos: lomography.com.br

Olympus Trip 35 – Fotos: Larissa Coutinho

Continua após a publicidade

Fotos anteriores

Próximas fotos

if (imagens == undefined) { var imagens = new Array(); } imagens[8] = new Array(); imagens[8][0] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/action.jpg’; imagens[8][1] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/dianamini.jpg’; imagens[8][2] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/fisheye.jpg’; imagens[8][3] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/lasardina.jpg’; imagens[8][4] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/olympus.jpg’; if (imagensD == undefined) { var imagensD = new Array(); } imagensD[8] = new Array(); imagensD[8][0] = ‘http://capricho.abril.com.br/blogs/techgirls/wp-content/blogs.dir/16/files/cameras-analogicas/action.jpg’; imagensD[8][1] = ”; imagensD[8][2] = ”; imagensD[8][3] = ”; imagensD[8][4] = ”; imagensD[8][5] = ”; document.getElementById(‘divMini8’).style.width = imagens[8].length*114+”px”; if (heranca == undefined) {var heranca = new Array(); } heranca[8]=0;

Como evitar erros na hora de tirar a foto? Lari:  Estamos tão acostumados com o digital, em que podemos tirar fotos, apagar e tiras outras, que fazemos tudo no automático. O importante é prestar atenção na foto, regular a câmera do jeito certo … ah, e as chances das fotos saírem mais bonitas são muito maiores quando feitas com sol.

E para revelar o filme? É simples? Quanto custa? Lari: O acesso a esse tipo de serviço está muito mais fácil. Dependendo do filme que você levar é importante explicar ao máximo o que você quer. Por exemplo: levei o filme de uma câmera que tira duas fotos no mesmo fotograma, e aí separaram todas as fotos, hahaha.  Eu ainda acho o valor meio salgado. Já cheguei a pagar R$50,00 em uma revelação que saíram apenas 3 fotos. ♥

Lá no Lomogracinha  você encontra muitas outras dicas sobre fotografia! Já visistou?

E aí? Quem vai se aventurar no mundo das analógicas? 🙂

Continua após a publicidade
Publicidade