Escócia deve ser pioneira na distribuição gratuita de absorvente menstrual

Proposta deseja implementar a distribuição em centros comunitários, clubes juvenis e farmácias

Por Isabella Otto - Atualizado em 3 mar 2020, 19h05 - Publicado em 3 mar 2020, 15h30

No dia 25 do último mês, a Escócia aprovou em 1ª votação da câmara, com 112 votos a favor e um contra, a medida que garante a distribuição gratuita de absorventes menstruais em centros comunitários, clubes juvenis e farmácias.

Henadzi Pechan/Getty Images

“Esses itens não são de luxo. São básicos e ninguém na Escócia deveria ser privado do acesso a produtos menstruais”, explicou Monica Lennon, parlamentar que apresentou o projeto em 2017. Para ela, se ele se tornar lei, vai representar uma mudança cultural fortíssima.

 

A medida agora será analisada por um comitê e poderá sofrer mudanças. A câmera, contudo, está confiante. Até porque, em 2018, a Escócia se tornou o primeiro país no mundo a fornecer gratuitamente produtos menstruais em escolas e universidades.

Continua após a publicidade

Se o projeto se tornar lei, a Escócia será pioneira a ter essa responsabilidade legal com as mulheres!

Publicidade