Eclipses, superluas e conjunções: confira o calendário astronômico de 2021

Para os futuros astronautas de plantão, ou simplesmente para os amantes do espaço, teremos altos eventos da astronomia nos próximos meses!

Por Isabella Otto 5 jan 2021, 12h05
colecao capricho sestini mochila bolsas
CAPRICHO/Sestini/Reprodução

Neste ano cheio de esperança que acabou de começar e algumas incertezas, algo é incontestável: a quantidade de eventos astronômicos que teremos acontecendo sobre nós. Eclipses parciais e totais, superluas, conjunções planetárias, chuvas de meteoros e até chegadas em Marte. Então, se você é do tipo que adora ficar por dentro do que está acontecendo no espaço sideral e se esses fenômenos poderão ou não ser vistos a olho nu, esta matéria é para você!

Eclipses, superluas e conjunções: confira o calendário astronômico de 2021
Bryan Goff/Unsplash/Reprodução

1. Eclipses

Dos quatro eclipses que ocorrerão em 2021, dois poderão ser vistos parcialmente para aqueles que moram na América Latina: o eclipse lunar total de 26 de maio e o eclipse lunar parcial de 19 de novembro. Os outros dois eclipses, ambos solares, não poderão ser vistos a olho nu.

Confira a lista de eclipses deste ano:

26/05: Eclipse lunar total
10/06: Eclipse anular do Sol
19/11: Eclipse lunar parcial
04/12: Eclipse solar total

2. Superluas

Três superluas acontecerão em 2021, que é quando o astro, em sua fase cheia, se encontra no ponto de sua órbita mais próximo à Terra. Por isso, a Lua fica grandona no céu.

Confira a lista de superluas deste ano:

08/04: Superlua “Rosa”
26/05: Superlua “Flores”
24/06: Superlua “Morango”

Continua após a publicidade
  • 3. Chuvas de meteoro

    Para aqueles que nunca viram uma estrela cadente, eis o tempo propício para isso! Teremos chuvas de meteoros até então confirmadas, que nada mais são que temporais formados por restos de corpos celestes, como um cometa. Elas podem ser de gelo, poeira, pedras…

    Confira a lista de chuvas de meteoros deste ano:

    22 e 23/04: Líridas
    6 e 7/05: Eta Aquarídeos
    28 e 29/07: Aquarídeos delta
    12 e 13/08: Perseidas
    07/10: Draconídeos
    21 e 22/10: Orionidas
    4 e 5/11: Taurídeos do Sul
    17 e 18/11: Leônidas
    13 e 14/12: Geminidas
    21 e 22/12: Ursidas

    4. Conjunção de planetas

    Este fenômeno é um dos mais importantes na astrologia e, vale lembrar que, em 2021, teremos a rara e especial conjunção quádrupla entre Mercúrio, Júpiter, Saturno e a Lua!

    Confira a lista de conjunções planetárias deste ano:

    9 e 10/3: Conjunção quádrupla entre Mercúrio, Júpiter, Saturno e a Lua
    12/7: Conjunção entre Marte e Vênus
    18/8: Conjunção entre Marte e Mercúrio

    5. Oposição de planetas

    Outro fenômeno também bastante relevante para a astrologia, teremos quatro oposições planetárias em 2021, sendo elas a Oposição em Saturno (em 2/8), a Oposição em Júpiter (em 19/8), a Oposição em Netuno (em 14/9) e a Oposição em Urano (em 5/11).

    Neste ano, também teremos alguns eventos envolvendo exploração espacial, como a chegada da sonda Perseverance, da Nasa, à cratera de Jazero, em Marte, no dia 18 de fevereiro. Em outubro, no dia 16, teremos o lançamento da Lucy, também da Nasa, que vai explorar asteroides de Tróia, que fica na órbita de Júpiter. Por fim, mas não menos importante, no dia 31 do mesmo mês, teremos o lançamento do telescópio James Webb, que vai substituir o Hubble e se tornar o mais avançado de todos em órbita.

    Continua após a publicidade
    Publicidade