Dove Cameron chora e fala sobre auto-ódio e depressão: “Me sinto perdida”

Atriz, diagnosticada com Transtorno Dismórfico Corporal, publicou um relato corajoso sobre saúde mental nas redes sociais

Por Isabella Otto 19 Maio 2022, 14h35

A estrela da Disney Dove Cameron, conhecida por interpretar a personagem Mal em Descendentes, usou o Instagram para desabafar sobre sua saúde mental.

Selfie no espelho de Dove Cameron. Ela é branca, tem cabelo preto e está chorando
Instagram/Reprodução

Aos 26 anos, a atriz e cantora disse sofrer de disforia de imagem e depressão, e revelou que está questionando cada dia mais essa exposição constante na internet. “Redes sociais, espelhos, branding pessoal, e a constante exposição de si própria e em todos os lugares não são legais para a saúde mental”, escreveu.

A norte-americana contou que tem coberto os espelhos de casa ultimamente, pois não reconhece seu próprio reflexo: “Às vezes, porque estou aterrorizada por minha identidade e imagem. Às vezes, porque entro na onda de algo novo que me deixa muito feliz(…) Acho que nunca conheci a pessoa que exponho para o mundo“, revelou.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por DOVE (@dovecameron)

Continua após a publicidade

O desabafo, que veio acompanhado de fotos em que Dove aparece chorando, preocupou os fãs. Contudo, o relato terminou de forma esperançosa, com a atriz contando que cada dia mais acredita nessa transformação por meio das redes: “Todos nós merecemos uma vida livre da identidade socialmente criada, todos merecemos nos livrar desse auto-abuso e auto-ódio(…) Estou começando a ter esperança de que a plataforma pública – que tem sido difícil para eu aprender a aparecer como eu sou – possa realmente ser um canal para mudança/apoio mútuo/exploração/segurança”, escreveu.

Cameron garantiu que resolveu compartilhar seus pensamentos com os seguidores porque acredita que muitos possam se identificar com ela: “Me sinto perdida(…) Quanto mais estou viva, mais percebo que essa conversa interna é, na verdade, universal“, analisou.

 

A depressão é uma doença psiquiátrica e a disforia de imagem, ou Transtorno Dismórfico Corporal, é uma condição mental em que a pessoa se preocupa exageradamente com a aparência, muitas vezes por se enxergar no espelho ou em fotos de uma maneira completamente diferente da imagem real. Ambos os quadros precisam de tratamento e acompanhamento médico.

Saúde mental é coisa séria!

Continua após a publicidade

Publicidade