Damares Alves diz que princesa da Disney fica sozinha ‘porque é lésbica’

'A princesa do Frozen vai voltar para acordar a Bela Adormecida com um beijo gay', afirmou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Por Amanda Oliveira Atualizado em 13 Maio 2019, 14h11 - Publicado em 13 Maio 2019, 14h03

Neste final de semana, Damares Alves se envolveu em mais uma polêmica envolvendo infância. Algumas semanas atrás, a ministra já havia sido motivo para grande repercussão após declarar que “menina veste rosa e menino veste azul”. Dessa vez, contudo, o vídeo que repercutiu nas redes sociais era sobre uma princesa da Disney muito admirada por várias meninas: Elsa, de Frozen. Na declaração feita durante uma pregação na igreja, Damares afirma que Elsa termina a história sozinha no castelo “porque é lésbica”.

Instagram/Reprodução

Não há informação de quando o vídeo foi gravado, mas nele a ministra faz a seguinte declaração sobre Elsa: “Por que ela termina sozinha no castelo de gelo? Porque ela é lésbica. Nada é por um acaso. Eles estão armados, articulados. O cão é muito bem articulado e nós estamos alienados. E agora a princesa do Frozen vai voltar para acordar a Bela Adormecida com um beijo gay“.

Em seguida, Damares afirma que “isso é muito grave” porque as meninas que assistirem Frozen deixarão de sonhar com príncipes encantados. “Eu fui menina, eu sonhei em ser princesa. Eu sonhei com o meu príncipe encantado. A gente está abrindo uma brecha na cabecinha da menina de 3 anos para sonhar com princesa”, diz. Confira o vídeo:

Continua após a publicidade

A declaração de Damares gerou revolta e indignação nas redes sociais, inclusive de pessoas famosas. Xuxa Meneghel publicou o vídeo em seu Instagram para criticar a ministra. “Onde o mundo vai parar com tanta ignorância, falta de respeito com as escolhas ou condições das pessoas? Onde está o respeito pelo ser humano? Como permitem certas coisas?“, questionou. Nos comentários, a cantora Anitta respondeu: “De chorar”.

No Instagram, Damares se posicionou sobre a polêmica afirmando que a crítica era “contra a erotização e adultização de crianças”. “Criança não namora! Criança brinca e estuda (…) Deixem nossas crianças serem crianças! Que estudem e brinquem sem que ninguém as incentivem a pular fases”, a ministra escreveu.

  • Em Frozen, não existe nenhum indício real de que Elsa seja lésbica – isso são apenas teorias e especulações para a sequência da história. O que existe é uma princesa forte e independente que não demonstra nenhum interesse romântico, diferentemente de outras princesas da Disney. “Minha filha ama a Elsa (…) Ser independente não é uma afronta! A Disney mudou suas princesas porque nós precisamos mudar!”, escreveu a usuária Fernanda Santos, no Twitter.

    Continua após a publicidade

    E se Elsa realmente for lésbica? Tudo bem também, representatividade importa e diversidade é bem-vinda. A crítica contra a erotização infantil e a afirmação de que crianças não namoram é sempre válida, mas adicionar um detalhe no perfil de uma princesa ou um personagem como interesse romântico não é incentivar coisa alguma. Se for, os príncipes encantados estão lá em todas as histórias…

    Continua após a publicidade
    Publicidade