Como guardar dinheiro desde cedo pode ajudar a adolescente a longo prazo

Cinco dicas infalíveis para você começar a construir o seu império desde já

Por Maiara Xavier Atualizado em 16 abr 2021, 17h11 - Publicado em 18 abr 2021, 10h06

Olá, garota! Que bom te ver por aqui! Hoje eu* separei um assunto que deixa qualquer pessoa alguns passos à frente, que é saber administrar seu dinheiro e começar a poupar.

Sabe o que acontece? A maioria das meninas está por aqui pensando que a adolescência é a fase de gastar, comprar e impressionar com as coisas que ela usa, veste e consome… e é claro que não podemos negar que isso é bem divertido. Mas não é tudo. Nessa época, nossa relação com o dinheiro começa, e quanto antes aprendermos a controlar nossa grana, mais rápido é possível realizar aqueles sonhos que muitas vezes parecem inalcançáveis.

Duas mãos nas laterais brincando com moedas no centro da tela, que estão sobre um círculo rosa
We Are/Getty Images

Aproveite que tempo é uma moeda que você tem ao seu favor e mãos à obra! Você vai se sentir muito poderosa comandando seu próprio dinheirinho. Então, confira as dicas que separei para você começar a juntar uma grana e realizar sonhos!

1. Faça sua lista dos sonhos

Eu sei que você tem muitos e muitos sonhos de consumo, não é verdade? Que vão desde um celular mais novo, uma viagem com amigos até fazer uma faculdade específica ou ter seu próprio carro aos 18 anos. Isso é muito legal e fundamental para dar o pontapé inicial rumo à construção da sua poupança. Saber o que você quer comprar com o dinheiro que irá guardar te ajuda a ter foco e disciplina. Então, é hora de fazer sua lista de desejos, colocando eles em ordem de prioridade. No topo da lista, coloque o maior sonho que quer realizar. É nele que você vai focar primeiro. Se você tiver uma imagem que ilustra esse objetivo, é muito legal deixar de fundo do seu celular ou imprimir e deixá-la bem à vista no seu quarto. É isso aí, garota, você está dando seus primeiros passos para ser uma mulher planejada financeiramente!

  • 2. Separe uma parte de tudo que receber

    A partir de agora, todo dinheiro que você ganhar, antes de pensar em gastar, você irá separar para guardar. Essa será a fatia direcionada a realização do seu objetivo. Minha sugestão é que pelo menos 20% seja sempre poupado. Fez algum trabalho e recebeu por isso? Guarde 20% do valor. Ganhou de presente um valor em dinheiro? Antes de gastar, guarde 20% dele. Por exemplo: se receber R$ 100, guarde R$ 20. Repita isso sempre. Assuma um compromisso com você mesma!

    3. Chame uma amiga para ser sua guardiã

    Mesmo quando estamos muito determinadas a conseguir alguma coisa, é normal desanimar no meio do caminho. Todas nós passamos por isso. Só não podemos desistir, porque caso contrário todo esforço até ali terá sido em vão, e recomeçar faz com que aumente nosso prazo de realização Confia em mim: você vai se sentir muito melhor por ser persistente, seguir firme e forte no seu objetivo! Conquistar um grande sonho pela própria dedicação nos dá muita confiança para realizar coisas ainda mais incríveis. E sabe o que ajuda muito a nos motivar e não desistir? Ter uma amigona parceira de jornada, para ser a guardiã do seu desejo. Compartilhe com ela sua meta, quando quer alcançá-la e o que tem feito para chegar lá. Ela será a pessoa que vai te apoiar na hora que desanimar e te dar forças para continuar. Tenho certeza de que você vai se empolgar ao saber que sua amiga está torcendo por você e realizar o seu sonho passa a ter mais esse gostinho.

    Continua após a publicidade
    Ilustração de várias barrinhas de ouro em cima de um fundo rosa claro
    gold bars placed in a pattern Daniel Grizelj/Getty Images

    4. Faça mais dinheiro

    Naturalmente, você irá se empolgar ao ver sua grana aumentando, conforme separa uma parte de todo dinheiro que recebe. E vai querer ver isso acelerar, não é mesmo? Então, essa é a hora em que você vai aproveitar seu tempo livre e criar alternativas para ganhar mais dinheiro. Pense aí:

    • O que será que você pode fazer para vender?
    • O que você pode revender?
    • Pra quem você pode oferecer seus serviços?
    • Que serviços pode oferecer?

    Aqui vão algumas ideias:

    • Lavar carro
    •  Passear com cachorros
    •  Dar aulas particulares das matérias que você manda muito bem
    •  Se tiver habilidades manuais, pode criar e vender artesanatos
    •  Ficar de babá
    •  Fazer faxina
    •  Atender em alguma loja ou café no seu bairro

    Veja como isso pode te ajudar a fazer mais grana: se você costuma receber R$ 150 por mês e está guardando 20% do total, você tem todos os meses R$ 30. Em um ano, terá acumulado R$ 360. Se você conseguir fazer mais R$ 150 por mês, começará a guardar R$ 60 todos os meses e, ao fim de um ano, terá o dobro, ou seja R$ 720. Depois de cinco anos, você terá R$ 3.600. Faça esses cálculos e divirta-se com seu plano de ficar rica!

    5. Você já pode ter sua conta digital

    Se você já tem seu CPF, vou te passar mais uma dica incrível (e eu diria que a melhor de todas!): já é possível ter sua conta num banco digital ou em contas de rendimento. Menores de 16 anos devem ser representados por um dos pais ou responsáveis legais. Jovens de 16 ou 17 anos, podem eles mesmos abrir a conta, devendo ser assistidos por um dos pais ou responsáveis, caso não sejam emancipados. Essa é a oportunidade de você pegar seu dinheiro guardado todos os meses e deixá-lo rendendo. O que isso significa? Que seu dinheiro estará fazendo mais dinheiro sozinho enquanto você se preocupa em ganhar mais. Lembra dos R$ 60 mensais? Se ao invés de deixar dentro de um cofrinho no seu quarto, você colocá-lo numa conta de rendimento, rendendo um pouco mais que a poupança, ao fim de um ano não terá somente R$ 720, e sim R$ 801,41! Em cinco anos, terá R$ 4.200,83. Por isso, vale muito a pena já começar a pesquisar sobre e aproveitar essa oportunidade de turbinar suas economias e ter sua grana guardada pra realizar seus maiores sonhos.

     

    *Maiara Xavier é mentora de desenvolvimento de mulheres que buscam independência financeira e criadora do método “a Rica Simplicidade”

    Continua após a publicidade
    Publicidade