CH e Instagram lançam documentário sobre coletivos feministas estudantis

Primeiro doc gravado 100% na vertical pode ser visto no IGTV da CAPRICHO. Confira fotos do evento de lançamento e mais detalhes sobre o projeto #OSeuLugar.

Por Isabella Otto Atualizado em 24 set 2018, 17h52 - Publicado em 24 set 2018, 17h48

No último sábado, 22, a CAPRICHO e o Instagram lançaram o projeto O Seu Lugar: Um Documentário sobre Coletivos Feministas Estudantis. O vídeo é o primeiro minidoc brasileiro filmado 100% na vertical para o IGTV e conta a história de quatro coletivos de escolas e universidades brasileiras que estão transformando a realidade em que vivem e lutando contra o machismo enraizado em nossa sociedade.

Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação

Um dos coletivos é o Politécnicas .R.existem, da Poli/USP. Os cursos de Exatas, principalmente de Engenharia, são conhecidos por terem poucas alunas mulheres na turma e muitos homens no corpo docente. Isso é uma consequência da cultura patriarcal que existe desde os primórdios da existência humana. As meninas do Coletivo Feminista Leolinda Daltro, do Mackenzie, também enfrentam essa realidade no curso de Direito.

  • As estudantes universitárias maiores de idade nem imaginavam que iam encontrar apoio em alunas de 13 a 16 anos, que participam de coletivos feministas nos respectivos colégios em que estudam. A CH foi até a Escola Estadual Augusto de Oliveira Jordão, em Diadema, e a Escola Estadual Sebastião Francisco O Negro, na Cidade Líder, e documentou o dia a dia dos coletivos, seus principais projetos e como eles têm ajudado a diminuir os casos de racismo, bullying e preconceito no ambiente escolar.

    Nas universidades, os coletivos têm tido um importante papel no aumento de denúncias contra casos de abuso sexual e agressões a mulheres em trotes, festas e jogos universitários. As ações, além de promoverem um ambiente mais seguro para as mulheres, também aproximam as integrantes dos coletivos, que destacam no minidoc a importância da sororidade na vida das mulheres.

    Confira o trailer abaixo:

    View this post on Instagram

    Continua após a publicidade

    A CAPRICHO foi atrás de coletivos feministas estudantis para entender como eles impactam o dia a dia de estudantes brasileiros e descobriu que casos de assédio em jogos universitários, trotes e festas começaram a ser mais denunciados e menos recorrentes após a criação dos coletivos. Nas escolas, os casos de bullying, racismo e competição entre garotas também diminuíram. Tudo foi registrado e, em parceria com o Instagram, lançamos "O Seu Lugar: Um Documentário sobre Coletivos Feministas Estudantis"! Dá o play para assistir ao trailer e depois confere o doc na íntegra no IGTV da CH. Tem um coletivo na sua escola/universidade? Entra em contato com a gente. Curtiu a ideia? Compartilhe o link do documentário com seus amigos, familiares, professores… #OSeuLugar é o mundo, garota! 💪🏼♀️ #girlpowerch #bethechange #feminismo

    A post shared by CAPRICHO (@capricho) on

    O lançamento de O Seu Lugar: Um Documentário sobre Coletivos Feministas Estudantis foi celebrado com um evento que aconteceu no Kinoplex do Itaim, em São Paulo. Além de as integrantes dos coletivos feministas e de seus familiares, convidados marcaram presença na festa. MC Soffia foi responsável por abrir o debate que rolou depois da exibição do doc, contando sobre como o empoderamento feminino mudou sua vida e como ela promove a mudança através da música.

    Veja mais fotos do lançamento:

    Olha que lindo o pôster do nosso documentário logo na entrada do Kinoplex! Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Os televisores internos do cinema também ganharam uma programação toda personalizada. Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    A “paredes” de bexiga nas laterais da escala rolante que dava acesso à sala onde o doc foi exibido fez o maior sucesso. Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Quremos esse espelho no banheiro de casa AGORA! Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Os convidados foram recepcionados com essa decoração fofinha! <3 Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    A gente jura que é suco de fruta, mas até parece poção mágica, né? E canudinhos, só se forem de material reciclável. #NadaDePlástico Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Café da manhã dos campeões: teve hambúrguer, queijinho de cabra, pão de queijo, pizzinha… Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Olha só que ótima essa ideia de DIY para a sua festa?! Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Galera da Escola Estadual Augusto de Oliveira Jordão compareceu em peso! Integrantes do Clube Feminino, corpo docente, familiares… Que troca maravilhosa! <3 Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Os convidados ainda receberam um kit no final do evento com pochete, copo e tatuagens temporárias. Tudo personalizado! O saquinho da pipoca também estava temático e os quatro coletivos ganharam um exemplar do livro Empodere-se, da Maynara Fanucci. Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Meninas do Coletivo Feminista da Escola Estadual Sebastião Francisco O Negro entrando na sessão. Ansiedade a milhão! Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Essas tattoos temporárias… Só amor! #GirlPower Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    MC Soffia durante discurso que deu antes do debate que rolou após a exibição do doc. Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Esse sorrisão diz mais que mil palavras. Missão cumprida, meninas! Mas ainda temos um caminho longo pela frente. Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação
    Laura, Marjorie, Ana, Melissa, Laysla e Isabella após debate que abrangeu os seguintes assuntos: o documentário, os coletivos, empoderamento feminino, apoio de familiares e amigos, bullying… Marco Torelli/@marcotorellifotografia/Divulgação

    O documentário teve direção de Nani RodriguesMarcos Lôndero. A apuração e reportagem ficou por conta da repórter de comportamento da CH Isabella Otto. As ilustrações do projeto foram feitas pela Elayne Baeta e supervisionadas pelo editor de arte da CH Cleber Assunção. Confira no IGTV da @capricho o minidoc O Seu Lugar: Um Documentário sobre Coletivos Feministas Estudantis na íntegra!

    Continua após a publicidade
    Publicidade