Blog da Galera: finalmente percebi que somos apenas instantes… | Capricho

Blog da Galera: finalmente percebi que somos apenas instantes…

Luiza Sayuri, da Galera CH, reflete sobre algo tão presente e importante em nossos dias: o tempo.

Por Da Redação 6 abr 2018, 17h01

Oi, pessoal! Eu, Luiza Sayuri, decidi trazer uma reflexão sobre um assunto diferente para vocês. Quando era criança, não entendia direito o significado daquela expressão “tudo que é bom dura pouco”. Afinalsempre tive uma opinião muito clara e certa de que as coisas boas são as que coincidem com o momento certo. Portanto, o que não deveria permanecer na minha vida vinha na hora errada.

iStock/Reprodução

Eu ficava muito tempo pensando e tentando entender o motivo de todos os adultos dizerem que “o tempo voa” ou “eles crescem tão rápido” – já que, para mim, tudo parecia ser tão demorado. Até mesmo crescer parecia levar anos e anos! A questão é que, muitas vezes, não conseguia enxergar com clareza a perspectiva da vida sob o olhar deles. Por isso, resolvi procurar outras coisas que me fizessem ver e entender a vida sob a minha própria perspectiva.

  • A partir do momento em que saí da minha bolha de proteção e zona de conforto, não passei mais a aceitar pré-conceitos e outros fatos sem antes procurar o contexto em que cada situação está empregada. E, neste momento, mesmo sem perceber, eu havia crescido. Depois de algum tempo e muitas reflexões, minha visão em relação ao tempo, como passamos por ele e sua efemeridade, mudou.

    Reprodução/Reprodução

    Quero dizer que somos instantes. Então, não podemos perder tempo. É nossa “obrigação” vestir a nossa existência. Compreender o todo é muito mais enriquecedor do que apenas aceitar a verdade de alguém sem procurar a sua.

    25 de março de 2018, às 18:39
    @sayurikogati

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade