Apple é acusada de plágio por empresa – e não é a primeira vez!

A empresa americana garante que usa apenas patentes próprias para atualizar seus aparelhos, mas a companhia israelense garante que isso não é verdade.

Por Da Redação - Atualizado em 10 nov 2017, 12h09 - Publicado em 10 nov 2017, 11h57

A câmera dupla dos iPhones 7 Plus e 8 Plus revolucionaram os conceitos de fotos tiradas com o celular. Mas parece que a Apple está levando todo o crédito pela criação injustamente… Pelo menos, é o que alega a companhia israelense Corephotonics, que afirma que a “empresa da maçã” copiou sem autorização o sistema dual camera.

Reprodução/Reprodução

Na verdade, a polêmica vai um pouco mais além. A Corephotonics garante que estava conversando com a Apple sobre essa nova tecnologia e até ofereceu uma parceria com seus serviços. Contudo, David Mendlovic, CEO da companhia israelense, afirma que a empresa americana desconversou na hora da negociação e depois usou tudo o que tinham conversado na criação dos novos aparelhos. “O negociador da Apple mostrou desprezo pelas patentes da Corephotonics, dizendo que, mesmo se a Apple as infringisse, levaria anos e milhões de dólares em litígio antes de a Apple ter que pagar alguma coisa”, desabafa representante.

Essa não é a primeira vez que a “maçã” ganha um processinho nas costas. A concorrente direta Samsung já moveu um caso contra a Apple, também alegando plágio e violação de patente. O processo está correndo nos tribunais, mas a companhia americana ainda não se pronunciou oficialmente sobre a ocorrência. E sinceramente? É bem capaz que continue quietinha.

Reprodução/Reprodução

É… Climão no mundo tecnológico!

 

Continua após a publicidade
Publicidade