Absorvente de pano e calcinha menstrual: saiba como higienizar suas peças

O processo de higieniação tem três etapas e pode facilmente ser adaptado à sua rotina

Por Isabella Otto Atualizado em 24 Maio 2022, 11h27 - Publicado em 24 Maio 2022, 11h26

Sabia que, ao longo do período fértil, uma pessoa tem cerca de 450 ciclos menstruais? Ao utilizar absorventes descartáveis, ela gasta durante a vida R$ 6 mil reais e produz 150Kg de lixo menstrual, em média, levando em conta que, da puberdade até a menopausa, usa entre 10 e 15 mil absorventes. É muito coisa, né?

Além das calcinhas menstruais e dos absorventes de pano serem um investimento econômico, eles são opções mais ecológicas para o meio ambiente, uma vez que cada absorvente descartável demora aproximadamente 400 anos para se decompor.

Calcinha absorvente e bolsinhas da coleção da CAPRICHO com a Korui
Korui/Divulgação

Infelizmente, no Brasil, é difícil falar em alternativas mais sustentáveis de higiene quando a pobreza menstrual afeta tanta gente. Contudo, deixando essa questão de saúde pública um pouco de lado, muitas pessoas que têm acesso a esses itens reutilizáveis acabam não fazendo esse investimento por preguiça, pois acham que fazer a higienização dessas peças é difícil. Mas a gente jura que não é!

A limpeza da sua calcinha menstrual ou do seu absorvente de pano é feita em três passos, que a gente explica a seguir:

1. Pré-lavagem

É o primeiro passo da higienização correta do seu absorvente de pano e/ou calcinha menstrual – mas a gente sabe que, com a correrria do dia a dia, nem sempre é possível.

Por isso, se precisar pular esta estapa, não tem problema! Só lembre-se de tirar o excesso de sangue da peça assim que retirá-la do corpo e deixá-la de molho assim que possível.

Está na rua, precisou fazer uma troca e só vai conseguir higienizar o absorvente ou a calcinha quando chegar em casa? Sem erro! Siga tirando o excesso de sangue da peça com um pedaço de papel higiênico e guarde-a em uma bolsinha, de preferência impermeável, que mantém a umidade da peça, facilitando assim a lavagem. Até porque sangue seco é muito mais difícil de limpar e pode acabar manchando o tecido.

Continua após a publicidade

A CAPRICHO + Korui lançou a linha Primeiros Ciclos, com calcinhas menstruais, absorventes reutilizáveis e bolsa impermeável para você cuidar bem de si, do bolso e do planeta desde a menarca. Conheça a novidade aqui!

2. Molho

Esta etapa facilita a lavagem da peça, porque a maior quantidade de sangue já é eliminada.

O absorvente ou a calcinha deve ficar de molho em água fria, nunca em quente, ok? Porque ela pode danificar a peça a longo prazo e acabar retendo manchas no tecido.

Você pode pontecializar seu molho com sabão, mas é opcional. Se assim fizer, opte por um sabão neutro, como o de coco.

Ah! O ideal é que o molho dure, no mínimo, de 15 a 30 minutos. Se a pia do seu banheiro tiver ralo, basta tampar o ralo, encher a pia e deixar a peça descansando.

Há quem prefira ainda fazer esse processo usando um balde, pois depois usa a água, rica em nutrientes, para regar as plantas.

Quatro meninas de costas usando a calcinha menstrual da coleção da CAPRICHO com a Korui
Coleção de itens de higiene menstrual da CAPRICHO com a Korui Korui/CAPRICHO

3. Lavagem

Uhul, chegamos à etapa final! Você pode lavar suas peças na máquina ou durante o banho. A seguir, algumas dicas de ouro para ambos os processos:

  • sabão neutro é sempre a melhor pedida;
  • nada de usar amaciantes, alvejantes ou produtos com cloro, especialmente na hora de higienizar as calcinhas, pois esses produtos podem danificar a parte impermeável da peça – além de serem ruins para o meio ambiente;
  • seja cuidadosa na hora de esfregar e evite friccionar muito pano contra pano, pois o tecido pode rasgar mais depressa. Ensaboar com a palma da mão faz suas peças durarem mais tempo;
  • lembre-se de tirar bem o excesso de sabão;
  • a secagem ao Sol é a melhor delas, porque os raios solares atuam como um desinfetante natural;
  • deixe as calcinhas secando do avesso, com a camada absorvente para cima, para potencializar a secagem e preservar a estampa do produto;
  • em dias frios, se você optar por usar a secadora, sempre em temperaturas baixas, ok?
Continua após a publicidade

Publicidade