A cada quatro minutos uma mulher é agredida no Brasil, mostra pesquisa

Os números fazem parte de um levantamento do jornal Folha de S.Paulo

Por Da Redação 9 set 2019, 17h10

De um lado, vemos mudanças positivas quando o assunto é violência contra mulher. De outro, porém, os números no Brasil ainda são assustadores. Segundo dados obtidos pelo jornal Folha de S.Paulo, o Ministério da Saúde registra que, a cada quatro minutos, uma mulher é agredida no país e sobrevive. Sim, os números gigantes não incluem as mulheres que acabam morrendo.

Violência contra mulheres cresce no Brasil Markgoddard/Getty Images

A reportagem analisou 1,4 milhão de notificações recebidas de 2014 a 2018 pelo Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação). No ano passado, por exemplo, foram mais de 145 mil casos de violência (que, além da agressão física, pode ser sexual, psicológica entre outras) – 68% contra mulheres.

Os casos de violência sexual aumentaram mais de 50% e sete de cada 10 vítimas são crianças,  adolescentes ou jovens de até 19 anos. As agressões físicas acontecem com maior frequência entre mulheres de 20 a 39 anos. 70% das vezes o problema ocorre dentro da própria casa, envolvendo pais, irmãos, filhos, namorados e maridos.

Neste link, você encontra alguns contatos oficiais para denunciar um caso de abuso sexual, estupro e/ou agressão. Nunca esqueça: você não está sozinha! <3

Continua após a publicidade

Publicidade