5 dicas para você se lembrar do que sonhou ao acordar

Usar um diário, gravar áudio no celular e até fechar os olhos de novo podem te ajudar!

Por Da Redação 14 jul 2020, 15h05

Imagine a cena: você acorda depois daquele sonho emocionante e corre pra contar para sua amiga no WhatsApp. Opa, espera, como era mesmo? Quem estava comigo?

NÃÃÃÃÃÃO! Reprodução/Reprodução

Yubertson Miranda, simbologista e especialista em sonhos do Personare, garante que se lembrar do que a gente sonhou é uma questão de estímulo e treino. “Na maioria das vezes, o que acontece é a ausência de uma técnica que facilite essa lembrança”, diz. Para te ajudar nessa missão, separamos cinco técnicas que vão fazer você se lembrar dos sonhos:

  • 1. Deixe um bloquinho e uma caneta bem do lado da sua cama. Há quem acorde durante a madrugada para anotar, mas não precisa, você pode escrever o que lembrar logo que despertar pela manhã. Ah, não precisa escrever com detalhes, não, viu? Anote palavras-chave, pessoas presentes, cenário em que o sonho aconteceu, assim por diante, até se lembrar dele por completo.

    2. Você também pode usar a gravação de voz no celular. Pode ser que seja mais prático. Aos poucos, isso virará rotina – e dá pra ir ouvindo no café da manhã, né?

    3. Tenha um diário exclusivo para anotar os sonhos. Escreva também a data completa de quando os teve. Isso ajuda muito a entender melhor os significados, frequência em que se repetem e como se complementam. É um exercício pra te aproximar mais do que passa pela sua cabeça durante a noite. Divertido!

    anna frozen
    Gif/Reprodução

    4. Ao acordar, feche novamente os olhos e vá tentando se lembrar do sonho. Dê atenção a cada cena até que elas se fixem em sua memória. Aí, sim, levante-se e anote.

    5. Pode parecer estranho, mas sair da rotina tem o poder de driblar a dificuldade de recordar os sonhos. Ok, agora isso não é muito possível, mas aproveite momentos futuros, como uma viagem ou dormir na casa de uma amiga, para se lembrar com mais detalhes deles. Dá certo, viu?

    Quem deu as informações: Yubertson Miranda, simbologista, especialista em sonhos do Personare

    Continua após a publicidade
    Publicidade