Um guia de como limpar os seus pincéis de maquiagem

Veja como higienizar suas ferramentas de beleza, com que frequência você deve fazer isso e muito mais!

Por Izabel Gimenez - Atualizado em 27 abr 2020, 18h51 - Publicado em 12 abr 2020, 10h00

Skincare é tuuudo, mas e se a gente te falasse que nem só de cremes e produtinhos vive essa rotina? A limpeza dos pincéis também pode influenciar e muito no estado da sua pele.

Pensa só: você usa o mesmo pincel de make (quase) todos os dias, certo? Esse processo faz com que muita sujeira fique acumulada nele, e a concentração de resíduos pode levar à proliferação de bactérias. Na hora de se maquiar, tudo isso vai parar no seu rosto, podendo causar irritações e até mesmo infecções. Que tal aproveitar esse tempinho livre para dar um banho ~daqueles~ nas suas ferramentas? Para te ajudar nessa tarefa, conversamos com especialistas e preparamos um guia de como limpar os pincéis de maquiagem. Vem ver!

Ariana Grande GIPHY/Reprodução

A verdade é que não existem regras para a higienização dos pincéis e o ideal é adaptar esse passo à sua rotina – e com coisas que você já tem em casa. Apesar de existir produtos específicos para higienizá-los, não é algo obrigatório para fazer isso. “O mais importante é lavar as ferramentas com sabão de coco para retirar os produtos em creme e com sabonete de glicerina para eliminar os resquícios das sombras e pós”, explica a maquiadora Paula Vidal.

A dica da makeup artist Leila Turgante é separar os pincéis em grupos (boca, pele, olhos, etc) e usar água com detergente neutro para dissolver toda a sujeira. Em seguida, ela indica esfregar as cerdas na própria mão para retirar o excesso de produto que possa estar acumulado e, depois, enxaguar. Após tudo isso, é indicado deixar os pincéis de ~molho~ na água limpa e ir trocando o líquido de tempos em tempos até que todo o resto de maquiagem tenha saído dos pelinhos. Quando sentir que está limpo, deixe secar naturalmente.

Continua após a publicidade

Outra alternativa de produto para auxiliar na limpeza dos pincéis é o xampu Johnsons Baby. A frequência da limpeza vai depender de como é feito o uso das ferramentas, explica Paula: “Se você usa maquiagem todos os dias, lave a cada 15 dias. Não deixe a higienização passar de um mês”.

Getting Ready Make Up GIF by Bounce
(Reprodução / GIPHY)

A higienização dos pincéis é importante para poder evitar doenças e até uma possível dermatite. O uso frequente das ferramentas faz com que resíduos e possíveis sujeiras que estavam na pele fiquem depositadas nas cerdas e, com o passar do tempo, esse material começa a envelhecer e se torna um ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias. 

Outra dica muito importante de cuidado com os seus instrumentos de maquiagem é não dividi-los com outras pessoas. “É possível se contaminar com várias doenças, inclusive uma conjuntivite, por exemplo”, alerta Leila.

“Temos que pensar nessas ferramentas como um meio de transporte para a pele [tanto de produto, quanto de possíveis germes]. Da mesma forma que devemos evitar ficar tocando no rosto para não contaminar a região com sujeiras que podem gerar cravos e espinhas, o pincel sujo funciona da mesma forma. Imagina só: ele está em cima da sua bancada com excesso de produto e um monte de bactérias se alojando nele. Então, você vai lá e leva tudo isso para o seu rosto na hora de aplicar a maquiagem. Para quem tem acne é ainda mais perigoso porque pode, inclusive, piorar e causar ainda mais inflamações”, afirma Paula.

Continua após a publicidade

6 principais cuidados que devemos tomar com os pincéis:

  1. Evite dividi-los com outras pessoas para não deixar que essa ferramenta seja um meio de contaminação de doenças.
  2. Evite guardar os pincéis em locais que os deixem expostos à sujeira, como em um recipiente aberto. Opte sempre por um estojo, bolsa ou até copo que feche ou possa ser tampado.
  3. Lave-os de 15 em 15 dias.
  4. Durante a lavagem, tome cuidado para não molhar o cabo de madeira.
  5. Evite secar os pincéis com secador. A alta temperatura faz derreter a cola que junta as cerdas e isso pode fazer com que elas se desprendam da ferramenta.
  6. Não guarde os instrumentos antes de eles estarem completamente secos para evitar mofo.

Se você é do time das esponjinhas, não pense que está de fora da limpeza frequente também, viu? Por conta da absorção maior de produto, é preciso ter ainda mais cuidado para que a ferramenta não mofe ou fique contaminada.

A higienização das esponjas pode ser feita da mesma maneira e com os mesmos produtos dos pincéis, porém, a frequência de deve ser maior. O indicado é limpá-las uma vez na semana. Para fazer uma limpeza ainda mais profunda, Leila indica: “Deixe o objeto de molho na água com sabão. Após alguns instantes, esprema na pia para retirar o excesso de sujeita. Repita a operação até que a água que saia dela esteja incolor”.

Anotou tudo certinho? Agora não tem mais desculpa pra ficar com pincel sujo, hein? 

Publicidade