Por que não nascemos com o cabelo naturalmente colorido?

Imagina só um bebê com os fios cor-de-rosa? Ia ser tão fofo. Haha!

Por Izabel Gimenez Atualizado em 16 ago 2020, 16h23 - Publicado em 16 ago 2020, 10h01

Já parou para se perguntar por que não existe ninguém com o cabelo naturalmente colorido? A resposta é mais simples do que parece, porém, sem dúvidas, esse é um questionamento interessante. Você já deve ter ouvido falar sobre a melanina, certo? Essa proteína define muita coisa no nosso corpo, como a pigmentação da pele, a cor dos olhos e até a tonalidade dos nossos fios. 

É possível nascer com cabelo colorido natural? Instagram/Reprodução

O fio de cabelo é formado desde quando somos um embrião. Já no início da gestação, todas as especificações do nosso cabelo são definidas pelo código genético de cada um a partir da junção das informações da mãe e do pai”, explica a Dra. Carolina Gramigna, tricologista e dermatologista da Clínica Adriana Cairo. 

De acordo com a especialista, a produção de melanina é a responsável pela pigmentação dos pelos. Essa proteína pode ser separada em dois grupos: as feomelaninas, que são mais claras e trazem tons como o ruivo e o loiro para os fios, e a eumelanina, que torna o cabelo mais escuro, criando, por exemplo, os tons castanhos e preto.

  • Mas afinal, por que será que nenhum bebê nasce com os fios coloridos? Como nosso corpo não produz nenhum tipo de pigmentação colorida, é impossível que nosso cabelo nasça de outra cor que não as já conhecidas”, garante a tricologista. 

    Se você curte cabelo colorido, é preciso apostar na ajuda de alguns produtos para conseguir o resultado. Hoje, já existem várias opções de marcas e totalizantes no mercado, mas é preciso ficar atenta se a decisão for pintar os fios de uma cor diferente, viu? “Para conseguir chegar no tom desejado, é necessário descolorir as mechas e isso pode prejudicar a saúde do cabelo, pois altera a estrutura interna dele. Cuidados redobrados são necessários”, aponta a médica. 

    Você curte cabelos coloridos?

    Continua após a publicidade
    Publicidade