Muçulmana deixa campanha de produtos de cabelo após polêmica

Tuítes antigos de Amena Khan foram divulgados - e ela desistiu de estrelar o anúncio

Por Da Redação - 23 jan 2018, 18h02
Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018
Divulgação/CAPRICHO

A muçulmana Amena Khan não participará mais da campanha de produtos de cabelo da L’Oréal Paris. Lançados na semana passada, as imagens e o vídeo mostravam a influencer com o hijab (véu islâmico), e muitas pessoas elogiaram a ação da marca por a considerarem inclusiva. No entanto, alguns tuítes postados por Amena em 2014 com comentários antissemitas foram divulgados e ela decidiu não estrelar mais a campanha após a polêmica. 

De acordo com o site Mashable, Amena publicou uma série de tuítes, que já foram apagados, em que criticava Israel. No Instagram, ela afirmou estar arrependida e se desculpou “pela tristeza e dor” que causou. Na nota, também disse que ficou muito empolgada com a campanha da L’Oréal por celebrar a diversidade, mas decidiu desistir porque toda a polêmica estava atrapalhando a mensagem que eles queriam passar. “As discussões atuais prejudicam o sentimento positivo e inclusivo que ela [a marca] se propôs a entregar”, escreveu.

View this post on Instagram

A post shared by Amena (@amenakhan) on

Continua após a publicidade

Um porta-voz da L’Oréal Paris afirmou que a marca concordou com a decisão de Amena de deixar a campanha e agradeceu a influencer por ter se desculpado. “A L’Oréal Paris é comprometida com a tolerância e o respeito às pessoas”, ressaltou.

E aí, o que achou da polêmica? 

Publicidade