Gabriela Medvedovski, de Malhação: Viva a Diferença, fala sobre autoestima

A atriz interpreta Keyla, adolescente que enfrenta inseguranças com seu corpo

Por Da Redação Atualizado em 15 Maio 2020, 18h03 - Publicado em 15 Maio 2020, 13h30
perfume ch o boticario fragrancia capricho mood
CAPRICHO/Divulgação

Malhação: Viva a Diferença, que foi ao ar em 2017, está passando novamente na TV Globo, por conta das gravações de novelas paralisadas em meio à pandemia do coronavírus.

A partir da próxima segunda-feira (18/5), os capítulos vão mostrar que a personagem Keyla, ao passar por inseguranças com o seu corpo, começa a tomar remédios, sem o acompanhamento médico, para emagrecer.

Gabriela Medvedovski, atriz que a interpreta, falou sobre padrões de beleza com os quais várias adolescentes precisam lidar hoje em dia. Segundo matéria do Universa, ela disse: “É visível pra mim que a Keyla reproduz esse comportamento em busca de ser uma mãe perfeita, uma namorada perfeita e que seja ‘apresentável’ para o seu namorado e todos ao seu redor. Ela não busca estar só bem consigo mesma, mas também estar bem para o Tato, que não tem nada a ver com isso. Ele, inclusive, tenta fazer ela enxergar que o que importa para ele vai muito além do corpo.”

Clara (Isabella Scherer), Keyla (Gabriela Medvedovski) e Samantha (Giovanna Grigio), de Malhação: Viva a Diferença Globo/Paulo Belote/Divulgação
Continua após a publicidade

Neste período de isolamento social que estamos vivendo, além de memes gordofóbicos que viralizaram nas redes sociais, muitas garotas se sentem pressionadas a fazer exercícios físicos para cultivar o idealizado ~corpo perfeito~. “Durante a quarentena, tenho visto diariamente uma enxurrada de conteúdo incentivando a atividade física, que é muito importante sim para a saúde, mas não fica claro pra mim se esses conteúdos são feitos em preocupação com a saúde ou em manter o ‘padrão’“, afirma Gabriela.

Por isso, a atriz acredita que a novela pode ajudar outras garotas. “Muitas vezes as pessoas banalizam, relativizam essas pressões estéticas ou até não conseguem identificá-las, porque são muito normais no nosso dia a dia. Quando um programa de televisão mostra que uma adolescente consegue ter autoestima para se aceitar do jeito que ela é, isso dá força para outras meninas seguirem seus caminhos nessa direção“, finaliza.

Miga, você é linda exatamente do jeito que você é! <3

Continua após a publicidade

Publicidade