Conheça esta ferramenta que pretende melhorar a autoestima de adolescentes

A iniciativa gera reflexões sobre confiança corporal, pressão das redes sociais e outros assuntos importantes

Por Sofia Duarte 19 out 2021, 15h13
Jovem mulher, de traças, blusa branca e blazer azul, segurando o celular
nadia_bormotova/Getty Images

Já imaginou uma iniciativa que une jogo e conversa que fortalece a sua autoestima a cada fase? A proposta do Topity, criado pela Dove em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), é garantir uma experiência online, segura e confidencial que contribua para a melhora da confiança corporal de jovens e adolescentes.

Mas, afinal, como ele funciona? Trata-se de um chatbot que pode ser acessado tanto pelo Messenger do Facebook quanto pelo WhatsApp, e, na hora de iniciar a conversa com a inteligência artificial, você passa por alguns desafios que lembram fases de videogame.

O primeiro passo é escolher o seu guia, Dandara ou Gabriel, personagens interpretados por atores que funcionam como mentores da conversa, e, depois, decidir o tema que será abordado – Família e Amigos, Redes Sociais e Mídia ou Valorize seu Corpo. Em seguida, você receberá tarefas, dicas e orientações relacionadas à pressão das redes sociais, comparação com a vida “perfeita” da internet, padrões de beleza inatingíveis e vários outros assuntos superimportantes. Interessante, né?

Foto da ferramenta Topity, criada pela Dove em parceria com a Unicef. Há uma mulher e um homem em um fundo amarelo e azul, logo do chatbot Topity e a frase Um chat para falar sobre autoestima escrita embaixo.
Topity Dove/Unicef/Divulgação
Continua após a publicidade

O conteúdo foi todo elaborado em parceria com psicólogos e especialistas e baseado em estudos a respeito de imagem corporal, além de contar com a participação do próprio público-alvo para testar a ferramenta. A ideia, portanto, é que jovens e adolescentes encontrem esse espaço seguro e acessível para mergulhar nos temas propostos, ainda mais após um longo período de isolamento social enfrentado durante esta pandemia de Covid-19, que acabou afetando a confiança de muitas pessoas.

E parece que a iniciativa já está colhendo bons resultados, viu? Segundo estudo com 1,7 mil pessoas de 13 a 18 anos, conduzido pelo Centro de Pesquisa em Aparência (CAR, em inglês), ligado à Universidade do Oeste da Inglaterra (University of the West of England), quem participou do Topity teve melhores índices de autoestima e aceitação do próprio corpo, em comparação com quem não participou. 

Caso você queira testar, a ferramenta já está disponível para uso! Por meio desta página no Facebook (para quem tem 13 anos ou mais) e por este número de WhatsApp (para quem tem 16 anos ou mais).

Ah, e sempre lembre-se de procurar ajuda de um profissional caso esteja passando por um momento difícil. Esse é um passo fundamental rumo à melhora da sua autoestima!

Continua após a publicidade

Publicidade