Cabelo ondulado: como cuidar dos fios e dicas para definir as ondas

Reunimos informações que vão te ajudar a deixar seus fios ainda mais incríveis

Por Thais Varela Atualizado em 20 jan 2022, 19h39 - Publicado em 24 jan 2022, 10h00

Você tem os fios ondulados e fica na dúvida na hora de cuidar deles? Por ser uma variação entre o liso e o cacheado e trazer características de ambos os tipos, o cuidado com o cabelo ondulado pode parecer confuso à princípio. Para te ajudar nessa tarefa, a CH bateu um papo com especialistas no assunto e reuniu dicas para manter a saúde capilar e valorizar ainda mais as ondas.

Cabelo ondulado
Juliana Dias/CAPRICHO

Os tipos de cabelo ondulado

Os fios ondulados não são todos iguais e conhecer as características que cada curvatura apresenta faz toda a diferença no cuidado capilar. Classificados como “tipo 2”, eles podem ser subdivididos nas categorias 2a, 2b e 2c.

2a

Com uma ondulação bastante discreta, esse tipo de cabelo costuma apresentar a raiz lisa, pouco volume e ondas concentradas no comprimento e pontas.

2b

Esse tipo de cabelo apresenta ondas mais definidas, normalmente em um formato de “S”. Ele conta também com um certo volume e tendência ao aparecimento de frizz.

2c

Fios mais grossos, volumosos e com ondas definidas que podem surgir desde a raiz marcam as características desse tipo de cabelo. O frizz também pode aparecer com frequência nessa categoria.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Fran Costa – cabelo ondulado (@frrancosta)

Como cuidar do cabelo ondulado

Use produtos indicados para o seu tipo de cabelo

Na hora de escolher o xampu, máscara, leave-in e condicionador que farão parte da sua rotina de beleza, certifique-se que eles são indicados para o cabelo ondulado. Isso faz toda a diferença no cuidado capilar, pois eles contarão com nutrientes específicos para valorizar o seu tipo de fio.

Hidratação e nutrição

Os cabelos cacheados costumam ser mais ressecados, pois a curvatura do fio impede que a oleosidade natural da raiz chegue até as pontas. Apesar de ocorrer de maneira mais sutil, os fios ondulados também passam por isso e precisam de hidratação e nutrição para se manterem saudáveis.

Alterne semanalmente entre um tratamento hidratante mais intenso e um de nutrição. Uma vez por mês é possível também apostar na reconstrução capilar para fortalecer os fios e evitar a quebra. Caso o cabelo esteja muito quebradiço, esse passo pode ser feito a cada 15 dias durante o período necessário.

É importante sempre observar como o seu cabelo reage aos tratamentos, se ele está precisando de mais hidratação, nutrição ou reconstrução naquele momento para, então, conseguir suprir essa necessidade da forma correta.

Evite água quente

Os fios ondulados e cacheados são naturalmente mais secos e, por isso, é indicado lavá-los sempre com a água fria ou morna, pois a temperatura quente abre as cutículas que selam o fio, o que deixa a hidratação presente nele sair, fazendo com que fiquem ainda mais ressecados.

Continua após a publicidade

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por LUIZA ROSSI (@luizarossi)

Cuidados na hora de pentear

Evite pentear os fios depois de secos para não aumentar o frizz e nem eliminar o formato das ondas. Aproveite o momento do condicionador ou da hidratação para desembaraçar as mechasComece pelas pontas, depois siga do meio para as pontas e, por último, da raiz até as pontas para evitar a quebra do cabelo. Prefira usar um pente de dentes largos de madeira, pois ele ajuda a manter a curvatura dos fios e também evita a estática causada por materiais sintéticos que aumentam o frizz.

Como lidar com o frizz

O cabelo ondulado tem uma tendência natural ao frizz por ser mais ressecado. Por isso, a hidratação frequente é fundamental para controlar os fiozinhos arrepiados. O uso de leave-in também ajuda a deixar as mechas mais alinhadas. Procure evitar hábitos como esfregar a toalha com muita força na hora de secar o cabelo e lavar os fios com água quente, que aumentam o aparecimento dos arrepiadinhos. Outras alternativas para ajudar a lidar com eles é dormir com uma fronha de cetim e usar o difusor (fazendo movimentos da ponta em direção a raiz) para secar o cabelo.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Lari Veloso | Cabelo Ondulado (@lariveloso)

Como texturizar o cabelo ondulado

A texturização é muito importante para os fios ondulados, pois ajuda a dar formato para as ondas. Aposte em produtos leves que não vão pesar nos fios e que ajudarão a definir o ondulado. Leave-ins, cremes de pentear que não possuam grande quantidade de óleo e ativador de cachos são alguns dos finalizadores que podem auxiliar nessa etapa.

Uma técnica simples para ajudar a definir as ondas é aplicar o finalizador com os fios ainda úmidos e “amassá-los” com as mãos em movimentos das pontas para a raiz. A fitagem também pode auxiliar na definição do ondulado. Separe os fios em mechas pequenas e aplique o leave-in ativando com os dedos. Deixe secar naturalmente ou, se preferir, seque com a ajuda de um difusor. Usar o spray de sal é uma outra alternativa para um acabamento mais bagunçado, já o mousse ajuda para quem busca mais volume no resultado final.

Cortes de cabelo para os fios ondulados

O corte em camadas e o desfiado são ótimas alternativas para os fios ondulados, pois ajudam a dar movimento para o cabelo e destacam ainda mais as ondas. Para os cabelos curtos, o pixie com a franja alongada é uma boa opção. O shaggy hair, que fazia sucesso nos anos 1970 e voltou com tudo, ajuda a equilibrar o volume. O long bob é um corte bem versátil, também equilibra o volume e destaca as ondas. Para os fios longos, o corte mais arredondado (em U) ou repicado nas pontas é indicado.

Aproveite para ver este vídeo com dicas de finalização para cabelos ondulados:

Quem deu as informações para essa matéria: Rodrigo Cintra, hairstylist idealizador do The Art Salon e coapresentador do programa Esquadrão da Moda, do SBT e Discovery Home & Health; e Ana Regina Faria, hairstylist e técnica da Embelleze. 

Continua após a publicidade

Publicidade