Que tal transformar madeira descartada em plaquinhas incríveis?!

Estamos apaixonadas! <3

Às vezes quando você vai trocar móveis ou fazer alguma reforma, acaba descartando peças de madeira que nem sabe onde vão parar. Já pensou em, ao invés de jogar no lixo, reaproveitar esse material e utilizá-lo para fazer quadrinhos superfofos? Com lixa, tinta, pincéis e criatividade, você consegue fazer um artigo de decoração do jeito que mais gostar.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

Foi assim que as meninas do Serafiniando começaram. A irmã de Patrícia Serafim estava reformando o apartamento e tirou todos os tacos de madeira do chão. “Mesmo sem saber o que eu iria fazer com eles, juntei todos e levei para minha casa, pois são lindos”, ela conta. A filha dela, Aimee, sugeriu que ela usasse aqueles tacos para fazer umas plaquinhas com frases, porque via em vários lugares e achava lindo.

Com o amor das duas por arte e muito talento, as plaquinhas ficaram superlegais e elas não pararam mais de fazer. E que tem um detalhe muito legal nisso tudo: “Desde a primeira plaquinha, entendemos que deveríamos utilizar suportes que fossem descartados para que não poluíssemos esta ideia tão bonita com mais impacto ao meio ambiente“, a Patrícia enfatiza.

Fotos: Arquivo pessoal

Fotos: Arquivo pessoal

As duas começaram a vender as plaquinhas online, com a ajuda da amiga Manu Asevedo, e deu muito certo. Quando as encomendas começaram a chegar, Patrícia foi até uma madeireira e perguntou se eles tinham alguma madeira de descarte. “Achei muitas. O que é um lixo incômodo para eles, para nós é ouro puro!”, ela brinca sobre a matéria-prima do trabalho.

Hoje elas fazem quadrinhos lindos com ideias próprias e sugestões de clientes também – e tudo em madeiras descartadas que encontram, desde peças mais maciças de demolição até pallets, que são aquelas bem fininhas. Às vezes elas também usam arames, tecidos e vidros descartados para finalizar! “A Aimee é pesquisadora de tendências, está sempre antenada. Eu sou artesã e especialista em História da Arte. Juntando tudo isso é que sai o que criamos“, ela explica.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

Supercriativo, né? Você já tinha pensado em tentar fazer os próprios quadrinhos reaproveitando materiais? O mais legal é que o tem uma pegada ecológica e o meio ambiente agradece. E se você achou legal, mas não quiser fazer, pode encomendar com as meninas lá na página do Serafiniando!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s