8 séries frustrantes que ainda continuo assistindo

Mesmo sabendo que será um desastre, não consigo parar

Você já teve a sensação de estar assistindo alguma série e depois do episódio terminar, você se perguntar sozinha: por que estou assistindo isso?

(Divulgação/Divulgação)

Tenho percebido que essa tem sido a minha reação com muito mais frequência do que antes. Talvez pela quantidade de séries disponíveis ou talvez por causa da idade, o meu gosto tem sido mais criterioso. Mas isso não significa que eu deixe de assistir a série, que na maioria das vezes me frustra com plots fracos e falta de desenvolvimento dos personagens. Nããão, eu continuo ali, fielmente acompanhando todos os deslizes e fazendo essa pergunta quase sempre.

(Divulgação/Divulgação)

O mesmo vai acontecer comigo quando eu der o play em Iron Fist (Punho de Ferro). A nova série da Netflix do universo da Marvel tem sido considerada pela crítica como uma das piores que já existiram. Mesmo assim, com o conhecimento de que pode ser um desastre completo, lá estou eu com o controle remoto na mão, pronta para o play.

(Divulgação/Divulgação)

Aqui estão as séries atuais que tenho acompanhado e que não deveria estar assistindo, mas por algum motivo obscuro e meio louco, ainda estou. Compartilha comigo quais são as suas ou se você está assistindo alguma dessas, me ajuda com motivos?

1) The Catch

(Divulgação/Divulgação)

Acho que atingi minha cota na vida de Shonda Rhimes. Amo essa mulher, acredito que ela tenha feito alguns dos episódios de série mais marcantes da minha vida, mas para tudo tem um limite. E mesmo assim, depois de largar Grey’s Anatomy, Scandal e How To Get Away With Murder, ela consegue armar outra armadilha: The Catch. Não entendo porque continuo assistindo essa série, mas acho que é o poder de Shondaland.

2) Supernatural

(Divulgação/Divulgação)

Vamos ser sinceras? Até as mais fervorosas fãs de Supernatural tem alguma temporada que não foi tudo bem. Não tem como se enganar, são mais de 10 temporadas e algumas delas cheias de deslizes. A série está quase se tornando um ER de tanto que muda o estilo e traz as situações mais bizarras para manter o ritmo. Ela já passou do tempo de estar no ar, mas ainda assim, como não acompanhar os irmãos Winchester por mais um ano? Ainda estou assistindo porque acho que Jensen Ackles e Jared Padalecki arrasam muito mesmo quando estão sendo possuídos pela milésima vez por algum demônio ou tem que entregar alguma cena super dramática.

3) The Walking Dead

(Divulgação/Divulgação)

A série com mais altos e baixos que existe. A série que conseguiu fazer eu duvidar da capacidade de atuação de Jeffrey Dean Morgan. A série que já me fez perder algumas noites de sono pensando na complexidade da trama ou no nervoso com a falta de complexidade da trama. Ultimamente eu sinto que nem eles mesmo estão se levando a sério mais, tanto que a qualidade dos CGIs estão cada dia pior. Mas lá estou toda semana esperando para ver o que Rick, Carol e Daryl vão ter que enfrentar nesse mundo destruído. Eu ainda tenho fé de que há boas histórias para serem contadas ali, mesmo que toda semana essa fé seja abalada fortemente.

4) Legion

(Divulgação/Divulgação)

Não estou entendendo nada. Confesso que não estou entendendo nada, mesmo se isso causar algum furor de pessoas me dizendo que sou burra e não entendi a proposta da série. Adoro Dan Stevens (nem por causa de A Bela e a Fera, mas por causa de Downton Abbey) e acho a Aubrey Plaza uma comediante sensacional. Mas céus, que série confusa! A fotografia é incrível, os efeitos especiais são de cair o queixo, mas a trama é tão louca e bizarra que eu fico o tempo todo pensando qual foi o ácido que o roteirista tomou e se tudo isso fará sentido mais pra frente – e aí, continuo assistindo.

5) Powerless

(Divulgação/Divulgação)

Essa comédia com a Vanessa Hudgens tinha tudo para ser maravilhosa. A ideia é incrível, mas já estamos quase no meio da primeira temporada e não dei uma risada que fosse. Nem mesmo esbocei um sorriso pensando: ah, isso é engraçado. Sinto que é uma série dos anos 90 da Disney Channel e feita para crianças. O elenco é ótimo e tem potencial, mas eu já deveria ter largado e não consigo parar de assistir essa bobagem do universo da DC.

6) Suits

(Divulgação)

Outra que caiu no ritmo Shonda Rhimes de fazer séries. Nem mesmo os twists mais complicados conseguem reanimar essa trama. A quinta temporada talvez tenha sido a mais incrível da série e deveria ter parado por ali. Aí chegou a sexta e destruiu todo o trabalho que tinha sido construído até então. Não houve nenhum desenvolvimento de personagem, todos ficaram mega melosos e bregas, o Harvey ficou obcecado com a mesma questão e o Mike virou um banana arrogante. Todos os personagens me irritam ao extremo e mesmo assim, estou acompanhando semanalmente porque acredito que a Donna possa ser a salvação (e também porque Gabriel Match e Patrick J Adams são muito eye candy).

7) The Affair

(Divulgação/Divulgação)

Não aguento mais o mundo se dobrar por causa do Noah. Dominic West consegue fazer eu odiar um personagem no nível Joffrey e Randall das séries de TV. A trama que super me prendeu com a proposta de que há sempre duas versões da mesma história está me deixando frustrada com o fato de que ninguém resiste ao Noah, um cara pretensioso, arrogante, egoísta e infantil. Mesmo assim, os personagens secundários são amores da vida (oi Cole) e eu ainda quero ver a Helen dando a volta por cima e esquecendo esse casamento desastroso, apesar de ela me irritar profundamente também.

8) Younger

(Divulgação/Divulgação)

Eu mesma indiquei essa série com as lindas da Sutton Foster e Hillary Duff por aqui, logo no comecinho. Eu adorei a trama e a série era divertida e fácil de acompanhar. Aí ela simplesmente ficou repetitiva e desde a primeira temporada tem contado a mesma história. Todo episódio é o mesmo drama: será que o segredo de Liza vai ser revelado? Tanto que conseguiram deixar o Josh, personagem do Nico Tortorella, completamente dispensável. Acho que ainda acompanho a série por amor aos atores e na esperança de conseguirem sair desse loop eterno.

Vem conversar sobre séries comigo também no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Supernatural nao deixa de ser bom nuuunca

    Curtir

  2. Giovanna Carla Oliveira

    Miga, Supernatural e The Walking Dead nããão!!

    Curtir

    1. Realmente kjjkjjk. Sou fã de carteirinha. Desde o começo eu sigo

      Curtir

  3. Larissa Dantas

    Nao gostei que falaram de supernatural
    Nunca vai deixar de ser bom
    Eles só variaram no assunto
    Pois se tivesse sempre a msm coisa que n teria graça
    Se fosse só eles mantando vampiros, lobsomens e demônios a série já teria acabado a muito tempo
    Se tá 12’temporada pq tem audiência 😙 bjs de luz

    Curtir

  4. paulo roberto ferreira dos santos

    Se revenge tivesse continuado seria outra série nessa lista.

    Curtir

    1. Wender Silva

      So li verdades kkkk

      Curtir

  5. THE WALKING DEAD NUNCA VAI SER FRUSTANTE! Miga! Tem alguma coisa errada em você

    Curtir

  6. Roberto Coelho

    Series positivas: the walking dead, bates motel e a novata glitch.
    Séries negativas: supernatural, mr. Robot devido a tema controverso e a velha twin pelas.

    Curtir

    1. Roberto Coelho

      Desculpem, twin peaks.

      Curtir

  7. Jéssica de Andrade Furtado

    Como assim Powerless está no meio da 1ª temporada? Tiveram só 5 episódios. Eu achei super divertida. Adorei a história e os atores estão sensacionais (até a Vanessa Hudgens q eu nem tava esperando muito, tá muito bem no papel). Se esperar a trama dessas séries de super-heróis pra uma série de comédia de 20min, vai ser decepcionante mesmo.

    Curtir