Você sabia que tem uma atriz transexual no elenco da série YOU da Netflix?

A americana estrelou um filme em 2018 e já fez história no mundo da moda. O nome dela? A gente te conta agora!

Por Isabella Otto - Atualizado em 12 jan 2019, 12h12 - Publicado em 12 jan 2019, 10h00

É oficial: YOU, ou Você, da Netflix, já é a série mais maratonada do streaming neste começo do ano! A história é baseada em um livro e o protagonista, Joe (Penn Badgley), é um stalker psicopata que persegue Beck (Elizabeth Lail). O seria ainda é uma metáfora para mostrar que hoje, com a tecnologia, quase poucas coisas permanecem anônimas e que existem diferentes níveis de “perseguição” – sendo que muitos não são nem um pouco saudáveis.

+ Look do Dia: Elizabeth Lail, da série YOU, arrasa no red carpet

A trama vem ganhando notoriedade não apenas por sua história e os questionamentos que levanta, nem pelos atores famosos, como Penn, que trabalhou em Gossip Girls, e Shay Mitchell, que atuou em Pretty Little Liars. Poucos ainda sabem, mas existe uma atriz transexual no elenco.

Raymond Hall/Getty Images

Hari Nef, de 26 anos, é uma atriz norte-americana que nasceu na Pensilvânia, nos Estados Unidos. No ano passado, ela estrelou o filme Assassination Nation ao lado da atriz Suki Waterhouse, conhecida por seus papeis em Simplesmente Acontece e Divergente. YOU é a primeira grande série em que Nef participa. Sua personagem, Blythe, é uma talentosa estudante de poesia, que acabada se tornando amiga de Beck, a protagonista. 

No Instagram, Nef é seguida por celebridades como Miley Cyrus e Emma Roberts. A representatividade no universo cinematográfico não é a única coisa trabalhada pela americana. Além de atriz, a jovem é modelo, foi o primeiro rosto transgênero a estrelar uma publicidade da marca L’Oréal e foi a primeira trans a desfilar pela Gucci na Semana da Moda de Milão.

Continua após a publicidade
Reprodução/Reprodução

A ativista usa as redes sociais para empoderar outras pessoas e lutar pela causa trans. “Visibilidade não é em si uma coisa sempre boa. Mas quando está nas mãos de quem precisa ser visto, pode ser. Sinto que tenho uma responsabilidade”, disse em entrevista ao jornal El País. À revista Vanity Fair, ela confessou que gostaria de escrever um filme e que existe muita gente boa e legal em Hollywood que luta pelas minorias mesmo sem fazer parte delas. “Eu sei que está rolando uma grande preocupação em Hollywood sobre representatividade e sobre colocar mais mulheres, pessoas negras e não-binárias contando suas próprias histórias e criando suas próprias narrativas, e eu acho que isso é absolutamente e 100% necessário”, garantiu.

Veja mais fotos de Hari Nef a seguir:

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

#freejt

A post shared by @ harinef on

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

persona (1966) dir. ingmar bergman

A post shared by @ harinef on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

pajamas

A post shared by @ harinef on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

because at the end of the day it's the friends who shoot e-com together who stay together 👨‍👩‍👧

A post shared by @ harinef on

Continua após a publicidade

 

Publicidade