Trabalho voluntário e outras formas de espalhar gentileza por aí

É só ter iniciativa!

A gentileza é aquela qualidade tão importante que não merece só um dia, mas a vida inteira. De qualquer forma, hoje, 13 de novembro, é comemorado o Dia Mundial da Gentileza. Então por que não aproveitar a data para repensar as próprias atitudes e, quem sabe, se inspirar a fazer ainda mais coisas legais pelos outros?

É verdade que ninguém está de bom-humor todos os dias e que às vezes a cabeça vive no mundo da lua, mas não precisa de esforço para ser gentil, nem mesmo nessas situações! A melhor coisa é que as pequenas ações que deixam alguém mais feliz acabam nos deixando felizes também – e fazem do mundo um lugar mais agradável para viver. Imagine quantos conflitos, acidentes e tristezas seriam evitadas se todos colocassem a gentileza na frente antes de agir.

gentileza-1

Por que entrar no elevador e ignorar que tem gente lá se você pode dizer um “bom dia” e deixar o clima bem mais agradável? Agradecer quando alguém te ajuda também é no mínimo simpático. E quando você acha que uma pessoa está com o cabelo bonito, por exemplo, não tem motivo para não elogiar. São pequenas atitudes no dia-a-dia que muitas vezes a gente nem percebe, mas que têm importância. A chave é se colocar no lugar no outro.

Além de serem gentis normalmente, algumas pessoas ainda acham outras formas incluir boas ações na rotina. O voluntariado é um ótimo exemplo. Tem tanta gente precisando de ajuda – e nem sempre ela é material. Passar uma tarde conversando e cuidando de um idoso em uma casa de repouso já faz tanta diferença! A Rebecca Mingorance, de 14 anos, começou a fazer trabalho voluntário há 4 anos, com a escola, e desde então repete a experiência sempre que possível.

volunteer

“A minha escola ajuda algumas creches, então sempre que eles precisam de ajuda, acabam nos avisando, ou nós mesmo que procuramos o responsável. Eles nos levam e trazem do lugar”, ela conta. E quando isso acontece, o dia acaba sendo muito gostoso: “Geralmente nós brincamos com as crianças, apresentamos algum teatrinho feito por nós mesmos, ajudamos a organizar o lanche e também conhecemos mais sobre a história do local”.

O retorno por isso é algo muito mais gratificante do que se pode imaginar. “Eu acho que o trabalho voluntário torna as pessoas mais humanas, faz você refletir sobre tudo o que está acontecendo no mundo e as consequências disso. Se cada um realizasse pelo menos um trabalho voluntário, tenho certeza que isso ajudaria não só aqueles que precisam, mas o próprio desenvolvimento pessoal”, a Becca se abre.

volunteer

E não precisa ser apenas em creches, como ela faz. Existem várias formas de fazer voluntariado e é só encontrar o que você mais se identifica. Pode ser, talvez, colaborando em uma ONG de animais, fazendo comida para moradores de rua, ajudando na construção de moradias populares, sendo doutor da alegria em hospitais, doando sangue… são tantas opções. “Um simples gesto pode mudar uma vida”, ela garante.

Para quem sempre pensou em se voluntariar, mas fica meio perdida, a Becca dá uma dica: “O primeiro passo é começar de fato e procurar pessoas que possam te ajudar a encontrar lugares que precisam de ajuda”. E a mesma dica serve para quem não tem como fazer trabalho voluntário, mas quer sempre ser gentil com os outros. É só ter iniciativa!

kindness

Ame, elogie, sorria e arranque um sorriso, doe, abrace, ajude, cumprimente, saiba esperar, agradeça – mas tudo com sinceridade. Seja gentil hoje e em todos os outros dias! Não custa nada, não dói, não toma tempo e faz com que o convívio com os outros seja sempre melhor. Feliz Dia Mundial da Gentileza! ❤

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Amei!!!! Obrigado capricho!!

    Curtir

  2. Hey, Capricho. Eu queria bater um lero com vocês. Sempre vejo coisas como “Qual boy de *insira nome da série/programa/banda* vocês namorariam” e nunca vejo ” Qual mina de *insira quesitos utilizados no outro exemplo”. Existem meninas lésbicas e bi’s, meninos héteros também leem Capricho, e de vez em quando essas pessoinhas podem se sentir excluídas. Queria mais inclusão :/

    Curtir