Tiroteio em escola da Flórida, nos EUA, deixa mais de 15 mortos

Uma brasileira de 16 anos, que estuda na Stoneman Douglas High School, alertou a mãe sobre o tiroteio por WhatsApp.

Era Valentine’s Day para muitos americanos, mas não para os alunos, funcionários e familiares da Stoneman Douglas High School, na cidade de Parkland, na Flórida, Estados Unidos. Nikolas Cruz, de 19 anos, invadiu o colégio com um rifle AR-15. Até o momento, 17 mortes foram confirmadas, de acordo com a CNN.

Selfie postada pelo adolescente no Instagram.

Selfie postada pelo adolescente no Instagram. (Arquivo Pessoal/Instagram/Reprodução)

O crime aconteceu na tarde da última quarta-feira, 14, e o atirador era um ex-estudante da Stoneman Douglas. Fontes afirmam que a expulsão veio depois de munição ter sido encontrada em sua mochila. Brandon Minoff, um aluno que conviveu com Nikolas Cruz, afirmou em entrevista à rede CNN que o adolescente era “quieto e estranho”.

A brasileira Kemily dos Santos Duchini, de 16 anos, estuda na escola em que a tragédia aconteceu e mandou mensagem para mãe para dizer o que estava ocorrendo. “Eu estava em um prédio chamado Freshment Building, que foi o primeiro onde ele entrou. Estávamos fazendo tarefa e a primeira coisa que escutamos foram quatro tiros e barulhos altos, como se alguém estivesse jogando algo muito pesado no chão(…) Às 15h, bateram na porta da sala de aula dizendo que era a polícia. Por protocolo, regra da escola nesse tipo de situação, nós não podíamos abrir. Então, eles quebraram a janela(…) Encontrei uma amiga do terceiro andar, onde aconteceu a maior parte da destruição. Ela contou que viu duas meninas caídas na entrada do banheiro“, revelou em entrevista à BBC Brasil.

 (Reprodução/Reprodução)

Donald Trump, Presidente dos EUA, se pronunciou no Twitter sobre o caso: “vizinhos e ex-colegas de classe sabiam que o atirador tinha um grande problema”, declarou. Essa não é a primeira vez que tragédias do tipo acontecem em colégios americanos. A temática é, inclusive, explorada em filmes e séries, como acontece na primeira temporada de American Horror Story. Para Kemily Duchini, é preciso que o gun control (controle de armas) seja mais supervisionado.

O Instagram do atirador Nikolas Cruz foi bloqueado após sua invasão à escola. Sua conta era cheia de fotos do adolescente segurando armas de fogo e facas afiadas. O jovem segue detido e as autoridades estão investigando o caso. Segundo eles, o americano tem uma fixação doentia por armas.

Os vídeos abaixo mostram alguns momentos do tiroteio gravados pelos próprios estudantes:

View this post on Instagram

(Opinion) 2 things this video says about today’s society, not against the students who had to go through this ordeal. Just a reflection of our society as a whole: . It seems, we are more worried about capturing a snap, getting the shot for social media than our own survival and even getting ahold of loved ones in what can be our final moments alive. Two, these kids have drills for these type of situations. Less than a decade ago all we had were earthquake & fire drills. Instead of making changes, we simply prepare for this. . Don’t hold your breath for gun laws to change after today’s shooting. If the killing of elementary school children wasn’t enough and by someone with the name “Peter”; what makes you think laws will change for young-adults being killed by someone named “Cruz”. . (video from ABC News of student inside Parkland High School as SWAT team entered their room)

A post shared by unXnown (@un.xnown) on

Difícil começar o ano com mais uma notícia do tipo…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s