Medida permitirá que aluno edite grade curricular do Ensino Médio

Para que estudar exatas se sou de humanas?

Por Isabella Otto - Atualizado em 16 set 2016, 15h27 - Publicado em 16 set 2016, 15h25

Na próxima semana, a Medida Provisória editada por Michel Temer pode passar a valer oficialmente nas escolas, de acordo com depoimento dado por Mendonça Filho, Ministro da Educação, ao Estado, na última quinta-feira, 15.

Medida permitirá que aluno edite grade curricular do Ensino Médio

A reforma escolar prevê que os alunos possam customizar sua grade curricular do Ensino Médio. Ou seja, dependendo do curso superior que ele quiser prestar, as disciplinas terão maior ou menor relevância. “A reforma vai enxugar os conteúdos ensinados nas salas de aula”, afirma Mendonça. O intuito é que o jovem chegue melhor preparada no vestibular e, consequentemente, na universidade.

A proposta também prevê que todos os turnos virem integrais. Isso porque o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostra que o desempenho dos estudantes do colegial estão abaixo da média. “Precisamos começar a implantar a flexibilização do currículo a partir do início do próximo ano“, informou o ministro ao Estado.

Continua após a publicidade

Medida permitirá que aluno edite grade curricular do Ensino Médio

A ministro da Educação ainda vai confirmar se a reforma passa a ser implementada já na próxima semana mesmo. Acompanhem nosso site para mais novidades. De início, o que vocês acharam da ideia?

 

Publicidade