Google lança programa para incentivar desenvolvedoras de jogos

Desafio Change the Game vai desenvolver o jogo de duas jovens brasileiras e dar curso para outras 500!

Na última quinta-feira, 6, em evento realizado no Auditório Simón Bolívar, no Memorial da América Latina, em São Paulo, o Google anunciou um programa que pretende colocar mais mulheres no mercado de games. O Desafio Change the Game vai premiar duas jovens criadoras e dar aulas online para outras 500 meninas que se interessem pela área de criação, desenvolvimento e programação de jogos.

 (Reprodução/Reprodução)

A ideia da iniciativa surgiu depois que a empresa teve acesso à Pesquisa Game Brasil de 2018, que mostra que 75,5% dos brasileiros jogam eletrônicos, sendo que 58,9% desse número é formando por mulheres. Mas. se elas estão tão presentes nesse mundo, por que ainda apenas 15% estão matriculadas em cursos como Ciência da Computação e Engenharia? “Com o programa, podemos fornecer experiências significativas para inspirar as mulheres jovens a seguir uma carreira em STEM (sigla em inglês para ciência, tecnologia, engenharia e matemática)”, explica Maia Mau, Head de Marketing de Parcerias do Google Brasil.

As inscrições para o Desafio Change the Game começaram no próprio dia do anúncio, 6, e ficam abertas até 30 de setembro. Para se inscrever, basta preencher um formulário no site g.co/desafiochangethegame descrevendo a ideia do jogo, sua mecânica, narrativa e personagens. Não é preciso ter experiência na área, mas é preciso ter entre 15 e 21 anos. Ah! Também é imprescindível que o game tenha a ver com a pergunta “O que queria ver no futuro?”, a qual você também precisará responder.

 

A ideia do seu projeto será julgada por uma banca de 10 mulheres que já lutam pela representatividade das mulheres no universo gamer. Como as candidatas não precisam necessariamente de experiência na área, Maia esclareceu para a CAPRICHO no evento “Google for Brasil” que as duas vencedoras vivenciarão uma imersão de cinco dias com as especialistas para ver como o dia a dia da programação. “Com tudo pago!”, garante a Head de Marketing.

Ah! Vale lembrar que o jogo será desenvolvido para mobile e ficará disponível na Google Play. Tenha isso em mente quando mandar seu projeto, combinado? Para já enviar sua ideia CLIQUE AQUI. Para mais informações sobre o desafio, acesse o site oficial do Change the Game. Lembrando que o Brasil é o primeiro país, depois dos EUA, a receber o programa.

Boa sorte e #gameover no machismo!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s