#gonnahate: 7 leitoras dão aquele recadinho para os haters de plantão

Atenção: antes de começar a ler esta matéria, por favor, dê o play na canção Shake It Off, da Taylor Swift.

“Tenho vários ficantes, mas nunca consigo nada sério. Pelo menos, é o que dizem.” Essa é a segunda estrofe da letra de Shake It Off , trabalho mais recente da cantora Taylor Swift . Nele,Tay canta todos os “problemas” que os haters insistem em achar que ela tem e manda todos chacoalharem esses comentários para lá e para cá.

Inspirada na canção da loira, nossas leitoras, que, olha só!, também possuem haters (quem não, né?), mandam um recadinho no melhor estilo Sweet, ou melhor, Swift de ser. Com muita superioridade, delicadeza e muito estilo.

É hora de deixar tudo para lá, meninas! #shakeitoff

“O que vocês acham, ou deixam de achar, para mim, não faz diferença. Eu tenho os meus princípios, os meus ideais, e os sigo sempre. Espero que, um dia, vocês tenham tudo o que desejam. Sabia que eu torço muito por vocês? Beijinhos no ombro, gatas.”

Gabriela Passos, 14 anos, acha que tem muita gente a fim de cuidar da sua vida . Seu recadinho é para aqueles que não acreditam nela.

“Ei, você, que vive me criticando. Tenho certeza de que você gostaria de ter a minha altura (de modelo, jogadora de vôlei…) e fica aí de puro recalque. Deixa disso, vai!”

Ana Clara Din i, 16 anos, tem 1,88m e não aguenta mais ser chamada de gigante, de girafa ou escutar piadinhas do tipo: “sua mãe te deu fermento?”. 2014, né, galera?

“Coloquem-se no lugar da pessoa que você está prestes a criticar. No caso, eu. Pode ser apenas uma mensagem para vocês, mas, para mim, é algo que realmente pode desmotivar o meu trabalho. Pode, mas não vai. Quer criticar algo? Chega numa boa, sabe? Isso evita constragimentos para vocês mesmos.”

Nathy Oliveira, 18 anos, responde a todos os anônimos que vão até o seu blog ( clique aqui para acessar ) e criticam suas postagens . Críticas construtivas são diferentes de críticas gratuitas.

“Você me deixou triste, mas eu tenho a consciência tranquila. E sabe por quê? Porque eu não fiz nada de errado. Pelo contrário! Você que xingou e… Quer sabe? Xingar não leva a nada.”

Kiara Schefer, 15 anos, prefere não citar nomes, mas garante que aproveirou loucamente a sua festa de debutante. 😉

“Apenas que a minha testa não é tão grande quanto o seu recalque. Posso, sim, não ter a menor testa do mundo, mas, pelo menos, não deixo ninguém triste com comentários maldosos. Não que você tenha me deixado triste, né? Ódio não leva ninguém a lugar nenhum. Eu realmente não ligo.”

Amanda Veber, 12 anos, fala também em nome da pessoa que escreveu esta matéria, que já superou há tempos o trauma da testa “grande” e, hoje, até dispensa a franja. #tamojunto

“Hey, haters! Vocês tentam me deixar para baixo, mas são vocês que não possuem amor próprio. Vou contar um segredinho: se vocês se olharem no espelho, vão perceber que são lindos e que esse comportamento não combina em nada com vocês. Fica a dia: fazer o bem, e ser do bem, nunca sai de moda.”

Laiali Safa, 17 anos, um dia já se importou com os comentários negativos sobre os seus looks do dia ( clique aqui para acessar seu blog pessoal ). E sabe qual foi esse dia? O 31 de fevereiro. Mua-ha-ha

“Muita gente fala que meu cabelo é ruim, feio, duro… Mas eu não ligo. Tenho é pena de gente assim, porque, no fundo, são pessoas inseguras. Haters, que tal vocês experimentarem o amor próprio? Quando a gente se ama, o mundo sorri pra gente. Eu amo o meu cabelo curto, os meus cachinhos, amo poder pegar chuva e não tem que perder horas passando chapa. Amo ser quem eu sou.”

Ana Lídia Lopes, 15 anos , é da Galera CAPRICHO, abandonou a química e está voltando aos cachos em projeto no blog pessoal Apenas Ana . Para se inspirar…

E quer saber, meninas? Vocês estão na CAPRICHO enquanto os seus haters… Aonde estão eles mesmo?

E aí, alguém mais gostariam de colocar tudo para fora e mandar um recadinho à la Taylor Swift para os haters?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s