Fã viaja mais de 10h para ver Dylan O’Brien na CCXP: ‘é um anjo’

Duda Santos levou uma camisa personalizada para o ator, que a agradeceu de forma inesquecível: 'melhor dia da minha vida!'

Imagina só a seguinte situação: você, meio que no susto, descobre que seu ídolo vem para o seu país. Só que você, para variar, não tem dinheiro para vê-lo. Se você se identificou com essa situação, definitivamente sabe o quão triste é ver que o artista de quem gosta está tão perto mas, ao mesmo tempo, tão longe. A Duda Santos, de 16 anos, sentiu isso quando soube que o Dylan O’Brien viria para o Brasil participar de um painel na Comic Con Experience. “O medo de os ingressos se esgotarem após o anúncio foi enorme! Sou do interior de Minas Gerais e foi muito difícil ir para São Paulo. Nem dinheiro eu tinha! Mas me virei pelo Dylan”, contou em entrevista à CAPRICHO.

 (FOX/Rafael Koch Rossi/Reprodução)

A moradora de Pará de Minas descobriu que um amigo da tia sempre viajava para o evento geek e foi na cola dele, pois essa seria a sua primeira vez em São Paulo e na CCXP. Foram dez horas de estrada para ir e mais dez para voltar! “Foi muito cansativo, mas valeu a pena. Cheguei na sexta-feira de manhã, 8, dia do painel do ator, e fui direto para a feira. Não tinha nem lugar para ficar!”, confessa a mineira, que teve até dificuldade para dormir de tão ansiosa que estava.

Apesar da correria, tudo deu certo: Duda conseguiu descolar uma pulseira para entrar no Auditório Cinemark, onde o painel aconteceria às 16h30. Ela entrou de manhã no local e ficou lá o dia todo. Ela levou um lanche de casa, para economizar despesas, mas quase nem comeu. “Estava muito ansiosa e com medo de não conseguir, porque teve gente que dormiu na fila!“, garante a jovem, que se surpreendeu com a educação dos funcionários do evento.

Duda Santos já voltou para a sua cidade, mas até agora não consegue acreditar que tenha visto e tocado em Dylan O’Brien. O ator, famoso por seus papéis em Teen Wolf e Maze Runner, viu a camisa da Seleção Brasileira de Futebol que a fã ergueu no meio da plateia. Ela estava customizada e chamou a atenção do americano. “Mandei escrever O’Brien na parte de trás. Quando levantei a blusa e ele viu, dei um grito. Naquele momento, senti que Deus tinha me levado pra lá. Nem tão na frente do palco achei que fosse ficar!”, surpreende-se a estudante.

Dylan então perguntou se ele podia ficar com a camisa e chamou Duda até o palco. Foi nessa hora que ele a cumprimentou e a agradeceu pessoalmente. Já teria sido um verdadeiro sonho, mas o ídolo ainda estendeu o agradecimento a todos: “essa é uma das coisas mais legais que já ganhei”, disse em alto e bom som. “Foi mais que maravilhoso! Parecia que eu estava olhando para um anjo. Foi a melhor sensação do mundo. Ele é um amor de pessoa, educadíssimo. Me surpreendeu! Ainda não acredito que ele falou comigo! Meu maior sonho se realizou. Ele significa tudo para mim, porque nos momentos mais difíceis da minha vida, ele me ajuda e nem faz ideia disso. Uma foto dele sorrindo já melhora meu dia 100%!“, emociona-se Duda, que conheceu O’Brien há uns quatro anos, vendo Teen Wolf.

Essa não é a primeira loucurinha que Duda faz pelo ídolo. Ela, por exemplo, pediu para a professora colocar uma questão sobre o ídolo na prova – e a sugestão foi atendida! Contudo, definitivamente, vir para a Comic Con foi a maior que já fez. “Imagina se eu perdesse o ônibus ou qualquer coisa desse errado? Eu teria que ficar na rua, porque não tinha nenhuma garantia“, afirma a adolescente, que conheceu outros fãs do ator durante a CCXP: “falamos sobre ele o dia todo. Foi o melhor dia da minha vida! Fiz muitas amizades e já estou com saudade. Além disso, ganhei da FOX um convite para assistir à premiere de A Cura Mortal, que acontece em janeiro. Parece que vai vir um ator do filme… Espero que role um abraço!”.

Duda, que tem um FC dedicado ao Dylan, o @scaredylan, teve uma experiência incrível de vida. Nessa hora, ela teve ainda mais certeza de que o poder do fandom é inquestionável! “Todo mundo estava unido. Um amor incondicional! Ser fã do Dylan faz muita diferença na minha vida”, afirma a mineira, que representou tão bem as fãs brasileiras do ator.

Esse é o Dylan se despedindo do painel, mas podia ser tranquilamente a reação de Duda ao tocar no ídolo.

Esse é o Dylan se despedindo do painel, mas podia ser tranquilamente a reação de Duda ao tocar no ídolo. (Reprodução/Reprodução)

A camisa era da Seleção, mas quem marcou um golaço foi a Du! São histórias como essa que nos fazem ter certeza de que ser fã é mesmo algo épico! 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s