Copenhagen pode se tornar um dos seus lugares favoritos no mundo!

A maravilhosa capital dinamarquesa tem muita história, diversão e até barco viking!

“Eu me mudaria para Copenhagen agora mesmo”. Não foi à toa que Beatriz Garagnani, de 20 anos, se apaixonou tanto assim pela capital dinamarquesa – só que foi meio sem querer. Na verdade, o destino dela era a Suécia, onde ia acontecer o 22º Acampamento Mundial dos Escoteiros, chamado Jamboree. “Ele ia durar duas semanas, mas as férias têm quatro, né? Então por que não aproveitar? Foi pensando nisso que eu e as pessoas que iam viajar comigo decidimos dar uma passadinha na Dinamarca e na Noruega antes de desembarcar na Suécia. Só faltou a Finlândia para fazermos um verdadeiro mochilão nórdico”, ela brinca.

copenhagen-gif

E foi por causa disso que ela conheceu um dos lugares favoritos dela no mundo. “As pessoas são maravilhosas e super solícitas, a comida é uma delícia, as ruas não tinham lixo no chão, as coisas não eram caras, os passeios turísticos eram organizados e sempre tinha alguém que sabia dar a informação de tudo que você perguntava“, a Bea recorda. Então nada mais justo do que ela compartilhar algumas experiências e dar dicas para quem também quer conhecer Copenhagen, né?!

Como fã de carteirinha de Shakespeare, a primeira coisa que me vem a mente é o Castelo de Kronborg. Em Hamlet ele é conhecido como “Elsinor”, mas é o mesmo castelo em que se passa a história do príncipe da Dinamarca que fala com aquela caveira bizarra simpática, Yorick”, ela sugere o passeio. Por lá, tem até uma lojinha de presentes com várias lembrancinhas do escritor. “Outra coisa muito legal sobre o lugar é que ele fica numa costa da Dinamarca, que e é o ponto mais próximo com relação à Suécia (são só quatro km de distância), então se você tiver sorte e o dia estiver ensolarado, dá pra ver o país vizinho pela janela“, completa.

copenhagen-1 Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal (/)

Outro passeio que a Bea adorou e superindica é o Museu de Barcos Vikings, que na verdade fica em Roskilde, mas é pertinho de Copenhagen. “Lá tem barcos vikings (jura?) originais. Em pedaços, claro, mas originais! Além de um barco reconstruído que dá pra entrar e ver como as embarcações daquela época eram. Uma coisa bem legal do museu é que tem uma área com roupas vikings que você pode colocar para tirar foto. Quando eu fui as roupas estavam fedidas como se fossem originais que nem os barcos, mas vale a pena aguentar o fedor pra tirar uma foto diferente – e se sentir parte do elenco da série Vikings”, recomenda.

À esquerda, um barco viking original; à direita, a Bea com uma amiga usando roupas vikings (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal) À esquerda, um barco viking original; à direita, a Bea com uma amiga usando roupas vikings (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

À esquerda, um barco viking original; à direita, a Bea com uma amiga usando roupas vikings (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal) (/)

Tá achando tudo muito ~histórico~? Calma! “Não podia faltar uma visita a um parque de diversões! Embora eu tivesse certeza de que íamos dar uma passada na Legoland, não foi isso que aconteceu. Acabamos indo para o Tivoli Gardens, que é o segundo parque de diversões mais velho do mundo em funcionamento e ele é ENORME. O legal é que antes ele ficava longe de Copenhagen, mas a cidade foi crescendo e acabou engolindo o parque junto, então ele fica bem no meio de uma área superurbana. Ao contrário de vários parques pelo mundo, as filas lá andam! Juro, também fiquei chocada”. E ela garante que tem muita coisa para fazer lá dentro durante um dia inteiro!

copenhagen-3 Além de tudo o Tivoli Gardens é lindo (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Além de tudo o Tivoli Gardens é lindo (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal) (/)

O último ponto turístico que ela destaca é o Palácio de Amalienborg. “São, na verdade, quatro construções idênticas por fora que ficam dispostas ao redor de uma praça. É a residência oficial da família real durante o inverno“, a Bea explica. Como ela foi no verão, o local estava desocupado. “Pelo caminho, você precisa passar por uma avenida cheia de lojinhas e lugares pra comer, e quando você chaga na praça, dá pra ver a troca da guarda real. E lá não tem aquela linha chata do Palácio de Buckingham, na Inglaterra, que separa o povo dos guardas. Em Amalienborg você pode tirar uma foto pertinho deles!”

copenhagen-2 Essa é uma das construções de Amalienborg (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Essa é uma das construções de Amalienborg (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal) (/)

Ficou com vontade de conhecer? A Bea destaca mais alguns detalhes legais de saber antes de ir para lá. Um deles é que todo mundo fala bem inglês, então não precisa se preocupar se não souber dinamarquês. Para os passeios, pode ficar tranquila que o transporte público é ótimo e te leva para todos os lugares: “o ponto mesmo até te avisa quanto tempo vai demorar pro seu ônibus chegar, e nunca é mais do que sete minutos”. Por fim, ela alerta que, se você for em julho, é bom levar protetor solar. “O sol dinamarquês queima que é uma beleza!”

Já queremos marcar as próximas férias para ir à Dinamarca! E você, ficou curiosa? Não esquece que toda quinta tem matéria sobre um destino legal de viagem aqui na CAPRICHO.

+ Você nem imagina, mas talvez queira muito ir para a Coreia do Sul

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s