15 substituições que você pode fazer no dia a dia e ajudar o Planeta Terra

No Brasil, cada brasileiro gera 383 Kg de lixo por ano. Nos EUA e na Índia, esse número é ainda maior. Precisamos mudar nossos hábitos tão "descartáveis"

Os produtos descartáveis realmente revolucionaram o mercado e a vida das pessoas. É uma praticidade sem tamanho, principalmente levando em conta que o ser humano está com o dia a dia cada vez mais corrido. Tempo é dinheiro! E, quando o assunto é plástico, essa “verdade absoluta” é ainda mais irrefutável. Afinal, o plástico é um produto barato para quem produz e para quem compra. Mas será que estamos mesmo podendo nos dar esse luxo?

 (Reprodução/Reprodução)

Estima-se que cada brasileiro produza, em média, 383 Kg de lixo por ano. Esse número se torna ainda mais preocupante quando descobrimos que apenas 7% desse material é reciclado. Ou seja, você pode até estar fazendo sua parte e separando o lixo corretamente (btw, parabéns por isso!), mas a falta de políticas de reciclagem no Brasil e no mundo é gritante e uma das principais causadoras das ilhas de lixo pelo mundo, que poluem o meio ambiente, lotam nossos mares de lixo, acabam com a saúde das pessoas e dos animais. Não é simplesmente uma questão de ter responsabilidade sobre a própria “imundice” – afinal, as grandes empresas também precisam tomar atitudes tão positivas quanto seus impactos negativos na natureza -, mas a busca por um mundo mais sustentável é, sim, um trabalho de formiguinha e, se cada um fazer a sua parte, a mudança vai acontecer.

O Planeta Terra está se tornando uma lixeira a céu aberto e a verdade é que não temos mais onde descartar nossos resíduos. A única solução é parar de produzir tanto lixo. Ou, então, produzir o mínimo possível de um lixo biodegradável e não tóxico. Aqui vão algumas sugestões para você mudar seus hábitos e fazer certas substituições no dia a dia:

1. Absorventes descartáveis por coletor ou calcinha menstrual
Sabe quando sua bisavó ou avó contava que não tinha absorvente descartável e precisava controlar o fluxo da menstruação com toalhinhas de pano? Talvez a gente não precise retomar esses costumes tão antigos, até porque hoje temos a tecnologia a nosso favor, mas é mais ou menos por esse caminho: reutilizar para produzir menos lixo. Coletores e calcinhas menstruais podem ser ótimas opções para o planeta e para o seu bolso!

 (Reprodução/Reprodução)

2. Garrafinhas pet por garrafas de inox ou alumínio
Quantas garrafas de plástico você não economiza ao fazer uso de uma reutilizável? Daí você pode dizer: “Ah, mas eu posso usar a pet mais de uma vez”. É verdade. Mas, em algum momento, ela vai para o lixo, certo? E não dá pra negar que o tempo de vida dela é bem menor que o tempo de uma de inox, por exemplo. Sem contar que o plástico, quando submetido a altas temperaturas, libera uma substância química que faz mal ao organismo humano. Basta uma ondinha de calor pra essa substância ser produzida. Repense!

 (Reprodução/Reprodução)

3. Canudinhos plásticos por canudos sustentáveis (ou por canudo nenhum)
Se a sua meta for produzir a menor quantidade de lixo possível, prefira comprar um canudo de inox, que é reutilizável. Deixe-o sempre na bolsa, para não ser pega de surpresa. Agora, se a sua opção for, por enquanto, banir a maior quantidade de plástico da sua vida, as opções biodegradáveis, feitas de papel e até mesmo de inhame, são ótimas saídas. Aproveite também para cobrar dos estabelecimentos essa substituição.

 (Reprodução/Reprodução)

4. Sacolinhas plásticas por ecobags
Vai fazer comprar no shopping? No supermercado? Que tal sair de casa com a sua própria ecobag? Algumas opções de sacolinhas de plástico já são feitas de material compostável, que usa menos petróleo na produção e é biodegradável, ou seja, demora menos para se decompor no ambiente, sem ser tóxico para ele. Contudo, ecobags continuam sendo muito mais sustentáveis.

 (Reprodução/Reprodução)

5. Prefira café coado que aqueles em cápsula
Pequenas no tamanho, mas gigantes nos impactos. Em 2018, a ONG Zero Waste classificou as cápsulas de café como um dos lixos mais tóxicos para o meio ambiente. Por isso, por mais que você se sinta seduzida pelo George Clooney (cof, cof), prefira um café coadinho. Se ele for feito naquelas cafeteiras italianas, melhor ainda! Inclusive, se tomar muito café fora de casa, pense em investir em um copo retrátil biodegradável. Você produz menos lixo e evita se contaminar com aquela substância liberada pelo plástico quando submetido a altas temperaturas.

 (Reprodução/Reprodução)

6. Usar seus próprios talheres de metal no lugar daqueles descartáveis
A dica aqui é não se esquecer também daquelas vezes em que pedir comida pelo Delivery. Se estiver em casa ou com seus talheres reutilizáveis em mãos, não se esqueça de dispensar os descartáveis antes que eles cheguem até você.

 (Reprodução/Reprodução)

7. Capinhas de celular de madeira ou metal são melhores que capinhas de plástico ou silicone
Além disso, uma pergunta: será que você realmente precisa de todas essas cases de plástico que comprou ou está pensando em comprar? Pratique o consumo consciente!

 (Reprodução/Reprodução)

8. Dê prioridade aos sucos naturais ou aos vendidos em embalagens de vidro
Não deu tempo de fazer aquele sucão de fruta? Teve que investir em uma bebida pronta? Prefira as embalagens de vidro às de plástico. Mais uma vez, aquele “costume de vó” do retornável é uma ótima solução.

 (Reprodução/Reprodução)

9. Papel filme plástico e alumínio  podem ser substituídos por pratos ou tampas de panela
Sobrou comida e você quer guardar o alimento na geladeira para o dia seguinte? Por que não usar uma tampa para proteger o conteúdo que está no prato? Muitos filmes plásticos já são feitos usando materiais compostáveis, que são menos nocivos para o meio ambiente. Ou seja, o estrago não é tão grande. Mas, como estamos falando de alternativas para produzir menos lixo, o melhor mesmo é investir em opções reutilizáveis.

 (Reprodução/Reprodução)

10. Prefira chicletes e balas que vêm em embalagens de papel, não naquelas feitas de plástico
Tem um chiclete vendido numa embalagem de papel revestido com alumínio e tem esse mesmo chiclete vendido em uma superembalagem de plástico com glitter e adesivos. Você precisa mesmo dessa segunda opção ou é um puro capricho, já que sabe que vai jogar essa embalagem atrativa aos olhos, mas nada útil, alguns dias depois?

 (Reprodução/Reprodução)

11. Aliás, se der para segurar a vontade, prefira sempre balas e chicletes a pirulitos
Assim como as cápsulas de café, as hastes de pirulito estão na lista dos lixos mais tóxicos para o meio ambiente. Faz um exercício: da próxima vez que for à praia, tente contar quantos pauzinhos de plástico que foram carregados pela maré encontra na areia. Apostamos que serão muitos!

12. Hastes flexíveis de plástico podem ser trocadas por hastes flexíveis biodegradáveis
Na internet, você encontra opções desses modelos biodegradáveis de R$ 3 a R$ 24. Não dá para reclamar de falta de opção e variedade de preços!

 (Reprodução/Reprodução)

13. Assim como as tradicionais escovas de dente de plástico podem ser substituídas por escovas de bambu
Não dá para deixar de escovar os dentes ou decidir que vai escová-los apenas com os dedos a partir de agora. Nesse caso, o lixo produzido por você pode ser menos nocivo para a sua casinha, que já está tão bagunçada…

 (Reprodução/Reprodução)

14. Dê preferência para notinhas e recibos eletrônicas que para aqueles impressos em papel
Vamos fazer um trato? “Não preciso da via” será sua nova frase de vida.

 (Reprodução/Reprodução)

15. Use o secador de mãos em vez das toalhas de papel
Tá legal, às vezes, esses secadores são um saco. Mas dê uma chance a eles – ou até mesmo à sua calça, uma ótima “toalha de mão” em algumas situações. Não deu? Precisa de papel? Pegue uma folha por vez. Evite o desperdício.

 (Reprodução/Reprodução)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s