14 lições que aprendemos com os inesquecíveis bromances da ficção

Para se inspirar e morrer de amores!

Alguns bromances da ficção são tão incríveis que se tornam inesquecíveis não só pela história, mas por tudo aquilo que aprendemos com eles. Separamos algumas dessas amizades que não deixam dúvidas: “alegria compartilhada é alegria redobrada”!

1. Sam, Dean e Castiel, de Supernatural
Seu amigo pode ser o ~capeta~ em forma de gente, pode ser um anjo caído ou um demônio. Não importa! A “broderagem” consegue superar todos os obstáculos. Ela sobrevive ao purgatório, ao Inferno, ao Céu… Ah! Aqui também é possível aprender outra coisa (e uma um pouco mais realista): não existe apenas irmãos de sangue; existe também irmãos de coração, que também podem ser chamados de amigos.

2. Alan, Phil, Stu e Doug, de Se Beber Não Case
Quando as coisas saem do controle, você sempre pode recorrer aos amigos, por mais descontrolados que eles sejam. Ou, no caso, estejam. Eles sempre vão fazer o máximo de esforço para te ajudar. Pode confiar!

3. Samwell Tarly e Jon Snow, de Game of Thrones
“Eu nunca vou ser amiga daquela pessoa!”; e uma semana depois aparece de braços dados com ela. Quem nunca, não é mesmo? Às vezes, julgamos alguém pela aparência, mesmo sabendo que não devemos fazer isso, e depois conhecemos melhor a pessoa e descobrimos que ela é incrível! Mesmo vindo de uma família diferente, tendo costumes diferentes, sendo, em si, muito diferente de você.

4. Newt e Thomas, de Maze Runner
Muitas vezes, os labirintos da vida te levam a caminhos complicados, em que é preciso fazer escolhas difíceis. No final, o importante mesmo é sempre se manter fiel àquela promessa que fez ao seu amigo, para não decepcioná-lo, por mais ingrato que ele seja. A gente, nem sempre, sabe o que é melhor para o outro. Só a pessoa pode decidir por ela. Mas você pode apoiá-la até o fim! ❤

5. Diego, Pedro e Tomás, de Rebelde
Tem horas que cansa conviver 24h por dia com aquelas mesmas pessoas. Elas podem ser os melhores amigos do mundo, mas… Ai… Às vezes, um respiro é essencial, né? Isso não significa que você esteja cansada daquela galera. Mas a saudade também é um ótimo alimento para tonificar os músculos do Chay… Eta! Quer dizer, os músculos da amizade.

6. Rony Weasley e Harry Potter, de Harry Potter
Nada de julgar a amiguinha pela roupa. É claro que vale dar aquele toque, se você sentir que pode dar uma melhorada aqui ou uma segurada lá. Mas jamais julgue a colega por seu estilo, ok? Ela pode estar cheirando como a sua tia-avó Tessie! Se ela estiver feliz, é o que importa. Amigas, amigas. babados, rendas e traças à parte! 😛

7. Joey e Chandler, de Friends
Vencer na amizade significa ficar com os mesmos tiques e manias do amigo. Falar os mesmos bordões. Ter os mesmos sonhos. Gostar de viajar para os mesmos lugares. Ser para sempre criança. E, por último, mas não menos importante, fazer os rolês mais errados com aquela pessoa, mas, no final, ter uma noite e tanto! Isso mede verdadeiramente a força de uma amizade.

8. Frodo e Sam, de O Senhor dos Anéis
Orgulhar-se do parceiro é essencial. E dizer que está feliz por tê-lo ao seu lado também!

9. Lloyd e Harry, de Debi & Lóide
AMIGOS DOIDOS: QUANTO MAIS, MELHOR! \O/

10. Troy Bolton e Chad Danforth, de High School Musical
THE BOYS ARE BACK! Uma amizade sobrevive ao fim do colegial e supera todos os obstáculos e as diferenças, se estiver pautada no respeito mútuo. Aí, não há time de basquete ou grupo de teatro que resista! 😉

11. Teddy e Pete, de Vizinhos
A parceria não conhece limites, mas ser um bom amigo também significa dar um toque àquela pessoa próxima que estiver passando dos limites. Você sabe que é um passo para o engraçadão da turma virar o pedante crônico, né? Vamos evitar que isso aconteça com aquela pessoa importante para você, seja ela quem for.

12. Daniel, Mikey e Jason, de Namoro ou Liberdade
Depois dessa sequência de filmes, conseguimos aprender que relacionamentos envolvendo o Zac Efron não são apenas ótimos romances; mas bromances também! Brincadeiras à parte, nunca faça uma promessa que você não possa cumprir. Independentemente do seu status de relacionamento, o importante é nunca trocar uma amizade por uma relação que, eventualmente, venha a ser passageira. Ficantes vem e vão. Namorados também. Mas algumas amizades são tipo família: para a vida toda, por mais que ocorram algumas fissuras no meio do caminho.

13. João Grilo e Chicó, de O Auto da Compadecida
Quando a sua amiga te perguntar que diabos ela fez na festa da noite anterior, pois não se lembra de absolutamente nada, você pode omitir detalhes que não façam tanta diferença, para poupá-la, e terminar a frase com um “só sei que foi assim”. Ponto. Fim da história.

14. Buzz Lightyear e Woody, de Toy Story
Uma amizade verdadeira não conhece limites. Ao infinito e além!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s