Viperblack: marca alemã cria tecido que promete ser mais escuro que o preto!

Phoebe Heess se inspirou em um material criado pela NASA em 2011 para trazer a nova cor ao closet das fashionistas

Por Marina Ciccone|Fotos: Reprodução - Atualizado em 17 ago 2016, 17h54 - Publicado em 24 nov 2015, 17h20

Como já dizia Vandinha Addams, “eu vou parar de usar preto quando inventarem uma cor mais escura”. A filha de Mortícia Addams deve estar muito feliz, pois esse desejo virou realidade! Em 2011, a NASA criou um material científico mais escuro que o preto, batizado de Vantablack, mas que não é seguro para uso humano, devido a seu alto risco cancerígeno.

Inspirados nessa ideia e na frase da Vandinha, Phoebe Heess e Gabriel Platt, fundadores da marca alemã Phoebe Heess, criaram uma fibra – essa sim, possível para uso humano – chamada Viperblack (nome de uma cobra com escamas pretas), que promete ser mais escura que o preto, pois reflete 40% menos luz (quanto menor a reflexão, mais escura uma cor é).

Após conseguirem fundos para colocar o projeto em prática, a dupla abriu uma loja online e está vendendo camisetas com esse tecido por US$ 75. Não precisa nem dizer que essa novidade acelerou o coração das fashionistas que adoram um look black total , não é? <3

O que achou da novidade? Usaria Viperblack?

Publicidade