Lingeries: dicas de como cuidar para que elas durem mais

Afinal, você não quer que aquele sutiã lindo estrague rápido, né?

Qualquer cuidado é pouco quando o assunto é lingerie, certo? Primeiro, claro, pela questão da higiene, já que usamos as peças íntimas repetidas vezes. Em segundo lugar, está a questão da estética. Não é novidade que o sutiã, por exemplo, está bombando no street style.

Kendall Jenner é uma das celebs que estão viciadas na tendência do sutiã à mostra. Foto: Kendall Jenner é uma das celebs que estão viciadas na tendência do sutiã à mostra. Foto:

Kendall Jenner é uma das celebs que estão viciadas na tendência do sutiã à mostra. Foto: (/AKM-GSI)

Pensando nisso, consultamos a especialista Úrsula Klayn, gerente de estilo da Valisere, para saber como cuidar corretamente da lingerie, de forma que ela dure mais tempo e fique sempre linda (e limpinha). Olha só:

Calcinha x sutiã: existe diferença na lavagem?

Os cuidados começam nessa hora. Úrsula indica que tanto as calcinhas quanto os sutiãs sejam lavados à mão: “São peças delicadas, feitas com materiais frágeis. Por isso, merecem um tratamento especial para que não fiquem alargadas, desbotadas ou com bolinhas.”

Imagem: Imagem:

Imagem: (/Reprodução)

O melhor é optar por um sabonete ou detergente especial, próprio para a lavagem de peças íntimas. Evite usar água sanitária, alvejantes (de qualquer espécie) e amaciantes, que são indicados para lavagens de peças mais pesadas. “Além de agredirem, eles são irritantes para a área íntima”, avisa a especialista. Anotou? Ah, deixe de lado produtos com corante e perfumes, que podem causar alergias.

Imagem: Imagem:

Imagem: (/Reprodução)

E não acaba por aí, não, tá? Outro preparativo a que você deve estar atenta antes de colocar a mão na massa é verificar se a água está na temperatura adequadaa mais indicada é a ambiente ou morna (nunca passando dos 30º C, ok?). É que a água muito fria não remove resíduos de sabão, suor ou de produtinhos como desodorante. Muito quente também não é nada legal, já que estraga a elasticidade das peças, deixando-as mais largas e soltinhas com o tempo.

Enfim, como lavar?

Vamos por partes! A maneira correta de lavar a calcinha é ensaboando a peça, esfregando apenas a parte de algodão, aquela do fundinho, sabe? Depois, enxágue com água em temperatura ambiente ou morna, como já comentamos aqui. Embora o mais recomendado seja lavar à mão, se você quiser, opte pela máquina, mas primeiro certifique-se de que o aparelho tenha um ciclo especial para peças delicadas. Caso contrário, a temperatura pode não ser a indicada e as peças podem ser centrifugadas.

Foto: Foto:

Foto: (/Reprodução)

Após a checagem, coloque as peças em um saquinho próprio para lavagem em máquina. Ah! É importante ressaltar que só vale levar para a máquina peças mais resistentes. Nem pense em jogar tecidos delicados, como rendas finas e sedas na máquina, tá? Mesmo no saquinho!

Pode deixar a calcinha de molho?

Nã-nã-ni-ña-não, miga! “Principalmente se você deixar por várias horas ou de um dia para outro. Esse hábito pode comprometer a cor e qualidade do tecido, além de deixar o produto de limpeza impregnado na peça, podendo causar algum problema de sáude”, avisa Úrsula.

Imagem: Imagem:

Imagem: (/Reprodução)

Mas e aí? Como a gente faz quando precisa tirar uma mancha difícil de sair? “Use produtos específicos para o tipo de mancha ou tipo de tecido. Se for uma mancha de sangue, vale usar água oxigenada”, diz a especialista.

E o sutiã, como lavar?

Imagem: Imagem:

Imagem: (/Reprodução)

Coloque o sutiã em uma bacia com água em temperatura ambiente ou quase morna e faça movimentos suaves. Lembre-se de tirar totalmente o produto de limpeza da peça, para evitar irritações na pele, ok? De novo, lavar na máquina não é uma opção recomendada. “O fecho pode abrir, enganchar no tecido e puxar fios, deformar os aros e deixar o tecido cheio de bolinhas”, diz. E a gente não quer isso, né? “Um sutiã deformado veste mal e pode até comprometer sua saúde”.

A secagem precisa de algum cuidado especial também?

Sim, mana! Pendure em um varal e prefira a secagem à sombra: “Nunca deixa a lingere no sol, mas também nunca a deixe secando no banheiro, muito menos no box, já que o ambiente é úmido e favorece a proliferação de fungos e bácterias”. Ou seja, plmdds, não faça isso!

Imagem: Imagem:

Imagem: (/Reprodução)

Na hora de secar o sutiã, pendure-o pela lateral ou pelo meio, sem utilizar pregador, evitando que peça fique marcada.

Precisa guardar em algum lugar especial?

Quando sequinhas (certifique-se de elas não estejam úmidas, evitando a formação de mofo) opte por guardá-las em uma gavetinha, separada das demais roupas. Não coloque sachês nem aromatizantes no espaço, para evitar possíveis irritações e alergias.

Pronto, miga, agora a lingerie vai durar muito mais! Garantimos! :p

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s