New Star: Pale Waves é uma das apostas do indie britânico

Banda é formada por Baron-Gracie (vocalista e guitarrista), Hugo Silvani (guitarrista), Charlie Wood (baixista) e Ciara Doran (baterista)

 (Facebook/Reprodução)

A história do quarteto Pale Waves, formado por Heather Baron-Gracie (vocalista e guitarrista), Hugo Silvani (guitarrista), Charlie Wood (baixista) e Ciara Doran (baterista), se parece com o de muitas bandas. Heather e Ciara se conheceram na universidade, mais precisamente na Manchester University, na Inglaterra, em 2014, e decidiram formar o grupo. Que só se estabeleceu com a formação atual um ano depois, quando eles gravaram as primeiras demos e logo chamaram a atenção da Dirty Hit Records.

Amizade com o The 1975

A Dirty Hit não foi apenas a gravadora que lançou os primeiros singles do Pale Waves, foi também responsável por uma bela amizade na música, com os conterrâneos do The 1975. E a ligação se deu de forma bem simples, através de Jamie Oborne, dono da Dirty Hit e empresário da banda de Matty Healy. Mas o que uniu de vez os dois grupos de Manchester foram turnês pelos Estados Unidos e Europa, com Healy produzindo canções do Pale Waves e dirigindo um de seus clipes, do single Television Romance.

Paixão pela música pop

“Amo música pop e, quando ela te faz sentir alguma coisa, é ainda melhor”, contou Heather Baron-Gracie à NME. Entre os artistas que ela mais ama na vida estão Prince e Madonna. “Purple Rain (do Prince) é uma das minhas canções favoritas de todos os tempos. Mas eu amo The Cure”, declarou a vocalista em entrevista à Billboard. “Amo músicas que te entregam melodias que você pode cantar a qualquer momento, mas, junto com essas melodias, também existem coisas que partem o seu coração.”

Dois indies e duas góticas

O visual do Pale Waves também chama a atenção quando se vê a banda pela primeira vez, principalmente pela divisão igualitária de gêneros: duas meninas e dois meninos. Mas não é só isso. Heather e Ciara são góticas, e Hugo e Charlie bem indies. “As pessoas falam que nós somos dois grupos de gêmeos”, brincou a vocalista em entrevista à NME. “Você não pode vestir o Hugo e o Charlie de góticos, porque simplesmente não funcionaria. Bom, às vezes nós até colocamos maquiagens e vestimos os dois com minhas saias e coisas, mas isso é apenas pra gente.”

Futuro da banda

Após turnês bem-sucedidas pelos Estados Unidos e Europa, o Pale Waves promete ser um dos nomes mais comentados de 2018. A banda já vira o ano dentro da lista do tradicional BBC Sound of, concurso que aponta as revelações para o ano e descobriu nomes como Adele, Sam Smith e Stormzy. Além disso, no dia 18 de janeiro será lançado o primeiro EP do grupo, New Year’s Eve, e um álbum completo está previsto para meados de 2018.

Promoção CAPRICHO Volta às Aulas 2018

 (Divulgação/CAPRICHO)

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s