Maisa Silva entrega que ficou com medo de fazer a Cintia em Cinderela Pop

Mas calma porque o motivo foi bem fofo - e de fã!

Aaaah, a estreia de Cinderela Pop está chegando! O primeiro filme inspirado em um livro de Paula Pimenta chega aos cinemas nesta quinta-feira (28/2) e conta a história de Cintia Dorella, uma garota descolada que sonha em ser DJ e deixou de acreditar no amor após a separação de seus pais. Interpretada por Maisa Silva, a protagonista é supergirlpower e sabe que pode ser muito bem feliz sozinha. Mas seu coração fica balançado depois que ela descobre que Fredy Prince (Filipe Bragança), o maior cantor pop da atualidade, é na verdade um cara fofo, romântico e muito inteligente – nada daquele garanhão que ela pensava que seria. O romance, contudo, será dificultado pela madrasta má (Fernanda Paes Leme), que fará o que for preciso para acabar com qualquer chance de Cintia de ser feliz.

Em entrevista à CAPRICHO durante uma visita pelos sets de gravação do filme no Rio de Janeiro, Maisa falou sobre interpretar uma personagem que já amava e que representa tantas garotas. Vem ver!

CH: Você já era fã dos livros da Paula Pimenta quando foi chamada para fazer Cinderela Pop. Como se sentiu ao descobrir que daria vida à Cintia?

MAISA SILVA: Senti uma mistura de animação e medo, porque eu amo ver meus livros preferidos sendo adaptados para o cinema, mas tive medo do filme não ficar à altura do livro – a gente sabe que isso às vezes acontece, né? Então depois de aceitar o papel fiquei com um pouco de pé atrás, como leitora, de fazer a Cintia, porque ela é uma personagem que eu já conheço há tanto tempo e que tem uma vida além de mim, no imaginário das pessoas. Mas acho que deu tudo certo. (risos)

maisa-cinderela-pop1 Maisa e Paula Pimenta.

Maisa e Paula Pimenta. (Instagram/Reprodução)

CH: Tanto a Cintia quanto outros personagens desse filme têm personalidades muito fortes e não têm vergonha de mostrar quem são. Por que acha legal representar pessoas assim no cinema?

MAISA: A Cintia tem mesmo uma personalidade muito forte e acho que muitas meninas vão se identificar com ela. Ela tem objetivo na vida, é focada e pode até ter se fechado para o amor, mas isso não significa que ela não seja apaixonada. Ela tem paixão, mas por outras coisas, não por uma pessoa de outro sexo e da mesma idade que ela. Ela sabe que não precisa de ninguém para ser feliz. Acho uma mensagem muito legal ela ter esse amor próprio, essa confiança. E também acho interessante poder mostrar para os meninos, através do Fredy, que eles podem, sim, ser românticos e fofos. Vejo alguns garotos que eu conheço tentando passar uma imagem de ‘ah, ninguém quer saber de amor, isso é ridículo’, e o Fredy mostra que tudo bem expressar seus sentimentos.

CH: Como se sente ao saber que é uma das principais vozes dessa geração empoderada, que vai atrás dos objetivos e é feliz sem precisar de ninguém?

MAISA: A minha geração é mesmo muito legal, porque a gente questiona muito, se impõe e mostra nossa opinião. Acho que antigamente a galera tinha um pouco de preguiça de se expressar, sabe? A minha geração já é empoderadíssima, as meninas têm o girlpower dentro de si, sabem impor limites aos outros. Fico feliz por poder fazer parte desse movimento, ainda mais agora, podendo dar mais um exemplo com a Cintia. Ela é muito forte e isso é muito legal, porque mostra que você pode, sim, ter personalidade e ainda assim ter um bom caráter e um bom coração.

cinderela-pop-maisa-cintia Cintia (Maisa Silva)

Cintia (Maisa Silva) (SerendipityInc/Divulgação)

CH: A Cintia tem looks incríveis. Quais são os seus preferidos? 

MAISA: Nossa, acho que o estilo dela é gótica-trevosa-da-ladeira-moderna-conceitual-hippie-chic, mas ao mesmo tempo desapegada. (risos) Ela veste de tudo um pouco, de moletom e chinelo a looks cheios de brilho e botinhas. Eu amo todos os looks dela, mas acho que os meus preferidos são o primeiro vestido azul, porque é muito simbólico, é o vestido da Cinderela, e também o que ela usa para ir à boate com a Lara, com uma calça de cintura alta bem larguinha e uma blusa dourada com um tecido que parece sobremesa. (risos)

 

*A CAPRICHO viajou ao Rio de Janeiro a convite da produtora Panorâmica.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s