Luis Fonsi: “Foi o Justin Bieber que quis gravar Despacito em espanhol”

O porto-riquenho defendeu Bieber das críticas que ele recebeu por não cantar a música em seus shows e ainda falou da parceira com Demi Lovato

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 27 mar 2018, 13h49 - Publicado em 27 mar 2018, 13h42

Luis Fonsi está no Brasil pela primeira vez divulgando suas músicas e os shows que fará por aqui em maio, e, numa coletiva de imprensa que aconteceu nesta terça-feira (27), ele falou sobre as críticas que Justin Bieber recebeu por decidir não cantar Despacito em seus shows.

“A ideia de gravar o remix de Despacito em espanhol foi dele, não minha. Eu gravei uma versão da música completamente em inglês com o Daddy Yankee e foi essa que mandei para ele quando soube que ele queria fazer parte da canção”, contou. “Mas ele me respondeu dizendo que não, que a música tinha sido um sucesso em espanhol e que, por isso, ele queria cantar no idioma original. E acho que ele se saiu muito bem”.

Fonsi afirmou que entende o fato de Justin  não querer cantar a música ao vivo. “Uma coisa é cantar no estúdio, tomando cuidado com a fonética e repetindo muitas vezes para que fique o mais perfeito possível. Outra coisa é cantar aqui, ao vivo, no calor do momento. É mais difícil do que vocês pensam. Ele não canta Despacito nos shows porque não quer ser criticado por falar errado”, explicou o porto-riquenho, que disse ainda se sentir muito grato por Justin ter se juntado a ele no sucesso que foi a faixa.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

Press conference in São Paulo✌🏽May 3, 4 and 5th are the concerts here in Brasil.

A post shared by Luis Fonsi (@luisfonsi) on

E A DEMI LOVATO?

Continua após a publicidade

Após a explosão de Despacito, Fonsi emplacou outro hit: Échame La Culpa, com Demi Lovato. E, de novo, ele disse que a cantora ficou superempolgada por gravar sua parte em espanhol. “Ela é uma artista incrível, muito talentosa e superprofissional. Ela aprendeu sua parte da música em espanhol rapidinho. Eu só tive que corrigir uma ou outra palavrinha”, entregou. Os dois, que vão se apresentar ao vivo juntos pela primeira vez nesta sexta-feira (30), num show da turnê da cantora em Los Angeles, conversam sempre por telefone. “Eu divido com ela todos os sucessos que a música está tendo. Ela ficou muito feliz ao saber que o clipe chegou a um bilhão de visualizações no YouTube, coisa que ela nunca alcançou. Poder fazer parte desses marcos na carreira dela é uma honra para mim”, completou o cantor.

Luis Fonsi voltará ao Brasil em maio para três apresentações no país. No dia 3/5 ele canta em Curitiba, em 4/5 é a vez do show em São Paulo e, 5/5, a apresentação no Rio. Os ingressos já estão à venda.

Publicidade