J.K. Rowling: “Dumbledore nem sempre foi o bruxo que conhecemos”

A autora falou sobre a estreia de Animais Fantásticos e Onde Habitam em entrevista coletiva em Nova York - e a CAPRICHO estava lá!

Por Gabriela Zocchi - Atualizado em 16 nov 2016, 18h41 - Publicado em 12 nov 2016, 11h30

2016 pode ter sido um ano difícil em muitos sentidos, mas que foi um momento incrível para os potterheads, isso ninguém pode negar! Na semana que vem, o mundo se prepara para voltar ao mundo mágico de J.K. Rowling com a estreia de Animais Fantásticos e Onde Habitam, que chega aos cinemas na quinta-feira (17). O filme, baseado em um pequeno livro escrito pela autora em 2001, marca sua estreia como roteirista.

View this post on Instagram

Onde a nossa repórter de entretenimento, @gabizocchi, está? No melhor lugar do mundo, vulgo, a coletiva de imprensa de "Animais Fantásticos e Onde Habitam" do ladinho de J.K Rowling e Eddie Redmayne! Estamos mortas: sim ou claro?

A post shared by CAPRICHO (@capricho) on

Continua após a publicidade

“Eu sabia desde o fim de Harry Potter que as pessoas queriam mais, e teria sido fácil continuar produzindo, mas eu nunca fui esse tipo de pessoa”, explicou Jo sobre retornar ao universo bruxo durante uma entrevista coletiva em Nova York, na qual a CAPRICHO esteve presente. “Eu planejei sete livros, sabia o que queria fazer, e aquela história terminou ali. Mas sempre tive algumas ideias sobre Newt e sempre fiquei intrigada com ele. E a verdade é que quando me perguntavam se eu escreveria mais, Newt estava escondido na minha cabeça”.

Animais Fantásticos se passa nos anos 1920, bem antes de Harry nascer, e conta a história de Newt Scamander (Eddie Redmayne), um jovem bruxo britânico que não se dá muito bem com pessoas, mas que ama as criaturas mágicas. Durante uma viagem à Nova York, alguns de seus animais fogem de sua maleta enfeitiçada e colocam em risco toda a população bruxa.

Eu nunca tinha pensado que escreveria um roteiro para o cinema, mas quando a Warner Bros. veio me contar que pretendia fazer um filme com essa obra, eu pensei: ‘espera aí, é melhor eu contar a eles tudo o que já tenho sobre esse personagem, porque não quero que eles o interpretem da maneira errada’. Então mandei notas e notas (sobre Newt), comecei a escrever a história e esses textos acabaram levando ao roteiro. Não foi nada calculado”, confessou a autora, que se descreve como “a pessoa mais sortuda que eu conheço”.

Continua após a publicidade

Durante sua aventura por Nova York, Newt conhece duas irmãs bruxas, a contida Tina (Katherine Waterston) e a divertida Queenie (Alison Sudol), além do carismático trouxa Jacob (Dan Fogler). Juntos, os três tentam ajudar Newt a reencontrar seus animais antes que seja tarde demais.

fantastic-beasts-queenie-tina

Foi bem divertido escrever sobre esse novo quarteto”, revelou Jo. “É muito legal ter duas personagens femininas importantes e também adorei escrever sobre duas irmãs, porque eu tenho uma irmã e tentei colocar um pouco de nossa relação na delas”.

Embora Animais Fantásticos ainda nem tenha estreado, a autora já anunciou que a saga terá cinco filmes no total. O diretor David Yates confirmou que Dumbledore e o bruxo das trevas Grindelwald aparecerão no segundo filme da série, o que fez muitos fãs questionarem se finalmente poderemos ver a relação de amor entre os dois. É que, quando Harry Potter chegou ao fim, J.K. Rowling declarou que o diretor de Hogwarts era gay e tinha sido apaixonado por seu antigo amigo de juventude, a quem derrotou anos depois em um duelo.

Continua após a publicidade
Gabriela Zocchi/Capricho
Gabriela Zocchi/Capricho

“Essa é uma história que vai se desenrolar em cinco partes, então obviamente há muito para desenvolver nesse relacionamento. Mas vocês vão poder ver um Dumbledore mais jovem – e bem problemático, porque ele sempre foi muito inteligente, mas nem sempre foi o bruxo que conhecemos. Vamos ver o que acho que foi um período crucial de formação na vida dele”, entregou Jo. “Em relação à sexualidade dele, esperem e verão”.

Publicidade