Emilia Clarke revela qual foi a coisa mais ousada que já fez na vida

Entrevistamos a protagonista de Como Eu Era Antes de Você!

Segura ansiedade! Como Eu Era Antes de Você, um dos filmes mais esperados do ano, chega amanhã (16/6) aos cinemas brasileiros. Uhul! Baseado no livro de Jojo Moyes, ele conta a história de Louisa Clark, uma garota acomodada que vê sua vida virar de cabeça para baixo quando é contratada como cuidadora de um tetraplégico que não vê mais razão para viver. Será que ela vai conseguir convencê-lo de que a vida, mesmo com limitações, vale a pena?

A CAPRICHO, sortuda, encontrou a atriz Emilia Clarke, protagonista do filme e mais conhecida pelo papel de Daenerys Targaryen na série Game of Thrones, em Londres, para conversar sobre o novo trabalho, a vida de celebridade e as coisas mais ousadas que ela já fez. Olha só!

CAPRICHO: Emilia, o que fez com que você se interessasse pelo papel da Louisa Clark?
 
EMILIA CLARKE: Eu estava no set de Exterminador do Futuro (a atriz está no quinto filme da franquia) e comecei a ler Como Eu Era Antes de Você. Foi ridículo porque, entre um take e outro com meu lançador de granadas, eu chorava como uma garotinha! Percebi que haviam me descrito em um livro. A Louisa Clark é uma versão aumentada de mim mesma. Então, depois disso, eu fiquei tipo: ‘o que eu preciso fazer para conseguir esse papel?! Eu preciso fazê-lo’. E deu certo.
 
 
CH: É mais fácil para você conseguir os papéis que quer agora que é famosa?
 
EMILIA: Não. (risos) É claro que hoje estou em um lugar completamente diferente de quando estava quando saí da escola de teatro, mas sinto que não importa em que fase você esteja na sua vida… Aposto que até Leonardo DiCaprio ainda perde papeis que ele gostaria de fazer. O sucesso depende de onde você está naquele exato momento.
 
 
CH: Sua vida deve ter mudado muito desde que começou a interpretar a Daenerys, em Game of Thrones, né?
 
EMILIA: Por um lado, sim, mas por outro nem tanto. Minha vida virou uma loucura por causa do sucesso da série e das escolhas que fiz em minha carreira, obviamente. Mas por causa da peruca loira da Daenerys, muita gente não me reconhece na rua, então posso ter uma distância saudável do sucesso e ter uma vida bem normal. É engraçado porque eu meio que vejo o sucesso de dentro e de fora. Tipo, às vezes ando pelas ruas com Kit Harington (o Jon Snow) e as pessoas pedem que eu tire uma foto deles, porque eles não percebem quem eu sou sem a fantasia
 
 
CH: A Lou tem um estilo bem característico. O que você achou dele? 
 
EMILIA: Foi maravilhoso poder me vestir sem ficar pensando se a roupa era fabulosa o bastante, sabe? Minha única preocupação era ‘qual é a coisa mais louca que eu posso vestir?’. Tenho um gosto peculiar como o da Lou, então me diverti bastante. O meu look preferido foi o de meia-calça de abelhinha, claro, mas também adorei o look dela de aniversário. E os penteados eram muito legais também!
 
CH: É verdade que você ajudou a criar os looks dela?
 
EMILIA: Sim! Jill (Taylor, a figurinista) é incrível. Ela escolhia algumas peças e a gente tentava desenvolver o estilo da Lou juntas. Mas tinha algumas coisas que eu inventava e os americanos diziam que não estava bom. Eu tentava explicar que aquilo era bem britânico, mas eles não me ouviam. Um dia transformei um cachecol em uma gravata e todos ficaram tipo: ‘o que é isso?’. E eu dizia: ‘isso é bem maneiro, tá?’ (risos)
 
 
CH: Uma das maiores mensagens do filme é “viva intensamente”. Qual foi a coisa mais ousada que você já fez em sua vida?
 
EMILIA: Ai, meu Deus. Tem muitas! (risos) Bom, tem algumas coisas que obviamente não contaria… Recentemente, eu e minha melhor amiga, Amy, saímos de férias. Fomos a uma ilha deserta e rolaram algumas tempestades de raios tropicais por lá. Então, combinamos que toda vez que chovesse, a gente ia colocar uma música louca, tirar a roupa, pular na piscina e gritar.
 
CH: Se pudesse fazer alguma coisa antes de morrer, o que faria?
 
EMILIA: No topo da lista de coisas que eu quero fazer está pular de um avião. É meio óbvio, mas eu adoraria.
 
CH: Com um paraquedas, né? (risos)
 
EMILIA: Sim! (risos) Com um paraquedas, com certeza. Também quero desesperadamente ir para Machu Picchu. Eu viajo muito, então sempre tem algum lugar que eu preciso ir.
 
 
CH: Você está em Game of Thrones desde 2011. Tem medo de ficar rotulada por um papel só?
 
EMILIA: Não é questão de ser rotulada. Eu consigo vários papéis de mulheres fortes e corajosas, o que é brilhante, mas busco variedade. Quero saber que fiz tantos papeis quanto eu poderia fazer. Mas não posso reclamar, até porque a questão da força depende de como você mede. Eu me considero uma mulher forte, mas eu não sou a Daernerys Targaryan. Eu não vou sair por aí colocando fogo nas pessoas. (risos) Eu também não sou Sarah Connor (personagem de Exterminador do Futuro), não vou matar alguns exterminadores. Mas sou forte do meu jeito. Neste sentido, é maravilhoso que a maioria dos roteiros que eu leio têm um tipo de poder. Não existem tantos papeis assim para as mulheres.
 
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s