Com show simples e sexy, Halsey estreia no Brasil e conquista público do Lolla

A cantora deixou o palco emocionada com o carinho dos brasileiros

A julgar pela gritaria que rolou quando Halsey subiu ao palco do Lollapalooza na tarde deste sábado (12), quase dava pra dizer que desta vez Marina and the Diamonds estava adiantada para o seu show. Mas era só a americana Ashley, de apenas 21 anos, fazendo sua estreia em terras brasileiras. Conhecida pela maioria do público por sua colaboração com Justin Bieber na faixa The Feeling, a cantora tinha duas missões difíceis: chamar a atenção em meio a tantas atrações bem maiores que ela e esquentar o palco para dois dos principais nomes da noite.
 
 
A boa notícia é que apesar da apresentação curta, Halsey conseguiu não só chamar a atenção como conquistar o público que esperava por Die Antwoord e Marina – tudo isso já na primeira metade do show, que começou com Gasolina, Hold me Down e Castle. A essa altura, Halsey já não conseguia segurar a empolgação em ser tão amada já em seu primeiro show por aqui. “Eu devo estar sonhando. Dizem que eu falo muito, mas eu estou sem palavras”, confessou ela logo antes de se livrar do casaco de pêlos e do salto gigantesco para cantar Roman Holiday com um look muito mais sexy e transgressor: uma blusa transparente e um microshort “amarrado” com cadarços. 
 
Ficando mais empolgada a cada grito que vinha do público, Halsey se empenhou em fazer um show que só crescia. Além de pular descalça no palco como se estivesse no seu próprio quarto, a cantora desceu para cantar junto com a galera pelo menos duas vezes, inclusive no hit Ghost. “É incrível! Vocês sabem a letra de todas as minhas músicas”, comentou ela depois de Colors, que foi acompanhada de uma modesta chuva de balões azuis, único cenário/elemento visual do show. Tudo bem: só a voz e a presença de palco da Halsey eram suficientes para prender a atenção do público durante toda a apresentação.
 
 
Apesar de não ter repetido seu maior hit, New Americana, e nem ter cantando The Feeling para deixar as beliebers em desespero, Halsey conseguiu aproveitar cada segundo do seu show e se divertir tanto quanto o público. “Eu gostaria de ficar pra sempre no Brasil”, confessou ela antes de encerrar seu show com Young God e deixar deixar o palco visivelmente emocionada sob aplausos acalorados de um público que, em sua maioria, ela ganhou ali, na hora, na raça. 
Olha, Halsey… Pode voltar quando quiser, miga. A gente te amou!
 
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s