Anitta avisa: “Prefiro ficar sozinha do que ser subordinada”

Cantora fez discurso empoderador durante o Villa Mix Festival no Rio de Janeiro

anitta-shade-boys-lixo

Anitta simplesmente lacrou mais uma vez durante o show que fez no Villa Mix Festival, que rolou durante o fim de semana no Rio de Janeiro. E não foi só com mais uma apresentação incrível, ela ainda fez um discurso empoderador, deixando claro que homem nenhum tem que mudar o jeito que você é.

Antes de mandar a real para os boys lixo que aparecem por aí, Anitta defendeu o funk carioca, ritmo musical que ainda sofre muito preconceito no Brasil. “Um dia, gente, eu prometo para vocês que eu vou fazer o nosso funk carioca ser respeitado no nosso país. Porque o nosso funk nasceu aqui, foi feito aqui e ele merece ser respeitado sim”, falou a cantora.

Mas o lacre mesmo veio na sequência: “Uma vez eu peguei um cara que falou assim pra mim, ‘se tu fosse minha mulher, a primeira coisa que ia mudar é: se rebolar aí na frente dos outros que ia acabar’. Aí eu falei, ‘ah, entendi, pra me pegar é legal; pra ser tua mulher não dá’. Hipocrisia é que não dá, sabe por quê? Eu prefiro ficar sozinha do que ser subordinada”.

O que vocês acharam do discurso da Anitta?

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Mano, muita verdade, arrasou Anitta!

    Curtir