8 protagonistas de TV que são simplesmente detestáveis

E alguns tiveram suas séries roubadas pelos coadjuvantes

Por Priscila Harumi - 23 abr 2017, 12h00

Não é fácil ser o protagonista de uma série de TV. É o personagem que terá mais destaque e mais tempo em cena, com a história que provavelmente irá ligar os outros personagens. Precisa ser carismático, mesmo que seja o vilão (oi Walter White). Precisa ser convincente, mesmo que seja na trama mais maluca (oi Rick Grimes). Precisa ter o apoio do público e uma ajudinha especial do roteiro.

AMC

Alguns personagens simplesmente não conseguem ganhar o coração das pessoas e ainda bem que existem os coadjuvantes. É uma situação muito complicada quando a história do elenco secundário fica mais interessante que a do protagonista ou quando você simplesmente não consegue simpatizar com o ator principal, mas continua a série porque já está bem envolvida para voltar atrás.

NBC/Divulgação

Assistindo Girlboss nesse fim de semana, percebi que não são poucos os protagonistas que são detestáveis e por mais que o roteiro tente, as ações e a personalidade deles simplesmente fazem tudo ser mais difícil de aceitar. Em alguns casos, os coadjuvantes conseguem praticamente roubar a cena e jogar o protagonista para escanteio. Mas em outros, não temos muito o que fazer.

1) Sophie – Girlboss 

Continua após a publicidade
Netflix/Divulgação

Girlboss é a nova série da Netflix que provavelmente será aquele fenômeno das próximas semanas. A série conta a história de Sophia, a criadora da loja Nasty Gal e como ela montou um império da moda praticamente sozinha. A garota que começou a revender roupas vintage no ebay transformou o negócio em um sucesso que rendeu mais de US$ 300 milhões. Como diz o início de todo episódio, a história é baseada bem de leve em fatos reais, que ela relatou no livro best-seller #Girlboss. Mega história sensacional se não fosse pela arrogância e falta de educação da protagonista. Achei ela extremamente mimada e exatamente aquele tipo de mulher que se recusa a conviver com outras pessoas se não for exatamente do jeito dela. A história é incrível, mas a protagonista detestável.

2) Josh – Please Like Me

Netflix/Divulgação

Não sei se é uma questão cultural ou não, mas essa série australiana (que tem ganhado muito destaque graças a Netflix) tem um protagonista bem difícil. Josh tem seus momentos que são justificáveis por ter dois pais bem malucos, mas ele é incrivelmente insensível, confuso e um pouco grosseiro às vezes. Existe coisa pior do que manter um namorado só quando você está carente, mesmo não gostando dele? Espero que as coisas melhorem nas próximas temporadas…

3) Ted – How I Met Your Mother

Continua após a publicidade
CBS/Divulgação

Carente, obcecado e um pouco egoísta. Kids, vou te contar a história de como seu pai praticamente tratou as mulheres da vida dele bem mal e depois reclamava que não encontrava o grande amor. Como ele sempre estava querendo atenção, era meloso e bem cansativo. Ainda bem que tinha o Barney, a Robin, a Lilly e o Marshall, porque acompanhar o Ted por nove anos não foi tarefa fácil.

4) Archie – Riverdale

CW/Divulgação

Já falamos sobre aqui antes. Archie é o protagonista dos quadrinhos que deram vida à série, mas não tem como simpatizar com o moço que já beijou praticamente metade do elenco e se faz de desentendido. Como ele brincou com os sentimentos da Betty, como foi claramente manipulado por uma professora, como atrapalhou a vida do pai, como praticamente acabou com Josie e as Gatinhas e ainda se envolveu na família Blossom e ficou confuso quando percebeu que foi longe demais. Urgh, o pior personagem! Como já disse, essa série é do Jughead e dos excelentes momentos de Veronica e Kevin. Archie é melhor dar o espaço que tem gente mais interessante pra gente assistir.

5) Hannah – Girls

Continua após a publicidade
HBO/Divulgação

Hannah teve seus altos e baixos. Quão complicado foi carregar o título de representação da mulher moderna. Porque vamos concordar, a maior parte da série ela passa reclamando das amigas – que nem são boas amigas – e dos problemas da vida adulta que todo mundo tem que enfrentar. Ela é muito infantil e quase sempre fez as piores escolhas, deixando que muita gente tratasse ela muito mal. Shosh era a favorita do público e merecia mais tempo e atenção. Mas como Hannah era interpretada pela criadora da série (Lena Dunham) dificilmente isso iria acontecer.

6) Serena – Gossip Girl

CW/Divulgação

Se alguém me perguntasse hoje em dia, eu diria que Gossip Girl foi a série de Blair Waldorf. Alguém discorda? Serena deveria ser a liga desse mundo perverso e intrigante dos jovens muito ricos de Upper East Side, mas vamos concordar que ela perdeu o espaço de destaque para Blair porque convenhamos, ela era muito mais interessante que a sem graça da Serena. Juro que quase nem consigo lembrar das tramas da personagem da deslumbrante Blake Lively, mas sinto saudades do humor ácido e dos dramas da personagem da Leighton Meester.

7) Marissa – The O.C.

Continua após a publicidade
CW

O mundo odiava tanto a Marissa Cooper que ela teve o fim que levou. Ainda não entendi se foi um deslize do time de roteiristas ou se a atriz era realmente ruim daquele jeito. Mas a morte de Marissa foi um dos eventos marcantes da TV dessa geração e algo surpreendente. Ok, ela não era a protagonista, mas matar o par romântico do protagonista (que no caso era o Ryan) foi algo chocante. Eu acho que sou uma das únicas que preferi o Ryan com a Taylor e que realmente achava que a série era do Seth. E apesar de ser chocante, temos todos que concordar que a Marissa era uma das piores amiga, namorada, filha que alguém naquela série gostaria de ter.

8) Lucas – One Tree Hill

CW/Divulgação

Quem diria que Nathan seria o grande destaque da série, tirando o foco de Lucas? Apesar dos roteiristas se esforçarem, Lucas sempre foi aquele tipo sofrível, que traiu a namorada com a melhor amiga, que não sabia dizer o que pensava e que foi um alívio depois que deixou a série. Eu nunca gostei do Lucas (Naley forever!) mas também acho que em partes porque ele foi um péssimo namorado para Brooke, uma das melhores personagens da série.

Concorda comigo? Lembra de mais algum protagonista que não deveria ser o foco? Então, deixa seu comentário ou vem conversar sobre séries comigo também no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi

Publicidade