10 livros que toda garota que está entrando na adolescência deveria ler

Uma listinha para quem está entrando nessa fase

Por Mel Trench - Atualizado em 26 ago 2020, 19h13 - Publicado em 6 set 2020, 10h00

A gente sabe que, se tem uma fase complicada da vida, é aquela em que estamos entrando na adolescência – a famosa pré-adolescência. É neste momento em que começamos a entender melhor quem somos e do que gostamos, mas ao mesmo tempo começam a surgir diversas dúvidas sobre o mundo também. Além disso, ganhamos mais responsabilidades – como estudar para mais matérias na escola e ajudar mais nas tarefas de casa. Complexo! Hahaha. Mas, calma! Existe um monte de livros que falam bastante isso e podem servir como conselheiros para passar mais tranquilamente pela fase. Vem conferir a lista que a gente separou de 10 livros que toda garota deveria ler nessa época!

Minha Vida Fora de Série

Escrito por Paula Pimenta, o livro nos apresenta a personagem Priscila, uma garota apaixonada por séries e animais que acabou de mudar de São Paulo para Belo Horizonte depois do divórcio de seus pais. Ela não curte muito a mudança e não consegue parar de pensar em como sua vida era antes. As coisas começam a ficar melhores quando, em seu primeiro dia de aula, ela conhece o Rodrigo, um garoto que ama música e, como ela, bichinhos. A história fala bastante sobre primeiro amor, mas também sobre relação com os pais, amizade, ir atrás de seus sonhos e ainda traz diversas referências a séries.

Harry Potter e a Pedra Filosofal

É o primeiro livro da saga escrita por J.K. Rowling. Nele, começamos a conhecer a história do nosso querido Harry, um menino de 11 anos que perdeu seus pais quando era um bebê e acabou sendo criado por seus tios, que não pessoas muito agradáveis. A grande transformação em sua vida acontece quando ele descobre que é um bruxo e, por isso, deve ir estudar em Hogwarts, uma renomada escola de bruxaria. A trama nos ensina grandes lições sobre amizade e como lidar com a morte, além de dar bastante coragem para enfrentar seus medos. Um clássico!

Com Amor, Simon

Simon é um menino que adoraria poder ser quem ele exatamente é sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Ou seja, representa todas nós! Ele tem muito medo de contar para o mundo que é gay, mas entende que isso será necessário para conquistar sua liberdade de ser. O livro nos mostra principalmente esse momento em que começamos a descobrir a sexualidade e fala sobre todas as questões que envolvem esse processo de um jeito bem sensível.

Depois dos Quinze: Quando Tudo Começou a Mudar

Escrito por Bruna Vieira, o livro traz um compilado de contos e crônicas escritos pela autora. Neles, ela fala sobre amor, amizade, desilusões, dúvidas sobre o futuro e mudanças. A leitura retrata exatamente essa fase e traz histórias para guardar no coração!

Tartarugas Até Lá Embaixo

Continua após a publicidade

Aza Holmes, uma garota de 16 anos decide ir em busca de um bilionário que desapareceu sem deixar pistas (quem encontrá-lo, ganhará uma bela recompensa em dinheiro). Durante essa trajetória, a personagem também precisa aprender a lidar com alguns problemas, como o seu transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). O livro escrito por John Green nos ensina muito sobre relacionamento com as outras pessoas, principalmente com os nossos amigos. 

O Mundo de Sofia

Perto de completar 15 anos, Sofia Amundsen recebe bilhetes e cartões postais anônimos, que fazem diversos questionamentos profundos sobre sua vida, como “quem é você?”. A partir desse momento, a personagem fica curiosa para descobrir quem está mandando aquelas mensagens e fica intrigada com as perguntas feitas. A cada capítulo, ela e o leitor vão aprendendo juntos sobre algum autor da filosofia ocidental, ou seja, você termina o livro com diversos ensinamentos!

Reprodução/Reprodução

Persépolis

O quadrinho é uma autobiografia da autora iraniana Marjane Satrapi. O livro conta a história de Marji desde sua infância até a vida adulta, mostrando as dificuldades das imposições religiosas no país pela visão de uma mulher. Ela se interessa muito por política e, por conta disso e da realidade em que vive, entende que o mundo precisa mudar em muitos aspectos. Então, decide lutar por igualdade. O livro nos ensina a ter um olhar mais crítico sobre essas questões, além de falar um pouco sobre cada fase da vida.

O Diário de Anne Frank

Anne Frank foi uma garota judia que viveu durante o período nazista na Alemanha. Por conta disso, aos seus 15 anos, toda sua família foi perseguida e eles precisaram se esconder em um anexo no escritório de seu pai. Ela decide escrever um diário contando sobre seus dias vivendo no local, mostrando seus medos, sonhos e alegrias. É um livro que enche todo mundo de emoção, nos faz entender mais sobre esse período da História e nos ensina a valorizar as pequenas coisas.

Eleanor & Park

Eleanor e Park estão longe daquele típico perfil de adolescentes populares e com vidas perfeitas. Ela é uma garota ruiva, vista como a estranha da escola, e acaba sofrendo bullying. Já ele é um menino coreano, apaixonado por quadrinhos e com um passado complexo de relacionamentos amorosos. Os dois não têm nada a ver, mas vão descobrir que podem ser a melhor companhia um do outro. É aquele livro que fala sobre primeiro amor do jeito que realmente é, com suas dores e alegrias. 

O Ódio Que Você Semeia

O livro nos mostra a realidade de Starr, uma garota negra que aprendeu desde pequena como deveria se comportar com a polícia para que nada de ruim acontecesse. Um dia, ela e seu amigo são parados por um grupo de policiais e ela acaba vendo a morte de seu companheiro de infância. Depois desse acontecimento, Starr percebe que a situação precisa de justiça. A história fala principalmente sobre racismo de um jeito direto, mostrando suas consequências e o impacto que tem na vida de uma pessoa. É aquela leitura que abre nossos olhos!

Reprodução/Reprodução

Qual sua próxima leitura?

Continua após a publicidade
Publicidade