Whindersson reclama de haters do Piauí: “Não sei que mal eu fiz”

Youtuber não aguentou e fez sequência de tweets após ser novamente alvo de comentários maldosos nas redes sociais de portal de seu estado Natal

Por Da Redação - 23 ago 2017, 18h44
“Amo meu estado, defendi a Serra da Capivara, e faço mais se puder”, desabafou Whindersson Nunes Instagram/Reprodução

Whindersson Nunes cansou de receber mensagens de ódio de pessoas de seu estado Natal, o Piauí, e resolveu desabafar com uma sequência de tweets na noite na terça-feira (22/8).

Natural de Palmeira do Piauí, mas criado em Bom Jesus, Whindersson resolveu fazer o desabafo após ser novamente alvo de críticas nos comentários feitos por leitores de um dos maiores portais do Piauí, o 180graus:

Os comentários de ódio surgiram no Facebook do portal, em uma notícia sobre a decisão da 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, especializada na defesa dos direitos do consumidor, que determinou que o youtuber terá que fazer um show gratuito, no Abrigo São Lucas, para reparar os “danos ou prejuízos causados às pessoas que adquiriram ingressos para o show ‘Proparoxítona’, do youtuber piauiense Whindersson Nunes, realizado em abril de 2017”.

Em sua coluna sobre famosos no portal, a jornalista Amanda Santos saiu em defesa de Whindersson Nunes, deixando claro que o 180graus não compactua com a conduta dos leitores que ofenderam o youtuber, escrevendo coisas como:

“O piauiense por muito tempo foi acostumado a escutar que seu estado era muito pobre, que as pessoas eram feias, que o Piauí não ia pra frente, mas parece que quando alguém se destaca, as outras não aceitam, como se as pessoas sempre tivessem que viver na miséria.”

Continua após a publicidade
Publicidade