Vanderson, do BBB19, é acusado de agressão por ex e Globo se posiciona

A ex-namorada do biólogo disse que tinha um relacionamento abusivo. A família dele nega.

Por Da Redação - Atualizado em 11 jan 2019, 12h45 - Publicado em 11 jan 2019, 12h43

Todo ano é a mesma coisa: a Globo anuncia os participantes da nova edição do Big Brother Brasil e a galera corre para tentar descobrir mais sobre a vida pessoal de cada um deles. De vez em quando surgem amigos ou conhecidos dos brotheres para contar algumas histórias e a gente já vai criando simpatia (ou antipatia) por eles antes mesmo do programa começar.

Acontece que, neste ano, um dos participantes foi acusado de agressão por sua ex-namorada. De acordo com Maíra Menezes, 27, o biólogo Vanderson, que está no BBB19, era violento com ela quando eles namoraram, cerca de dez anos atrás.

View this post on Instagram

Fotinha no espelho só pra mostrar a pulseira nova. 😉🌸 Artesanato Huni Kuī 😍

A post shared by Vanderson Brito (@vandersonbrito) on

Em entrevista à Quem, ela disse: “era um típico relacionamento abusivo, mas na época não sabia nem o que era feminismo. Saía para assistir a um filme sozinha e ele falava: ‘não faça isso que é perigoso’. Achava que ele estava querendo me proteger. Tem outras situações de violência psicológica que ainda me machucam muito e prefiro não falar. Você sempre acha que está errada e inventando coisas da sua cabeça. Achei que estivesse louca! Foram anos repassando tudo aquilo. E não acreditaram em mim”.

Continua após a publicidade

Segundo ela, a violência passou a ser física um tempo depois. “Ele tinha saído com os amigos, tinha bebido e nosso relacionamento já não estava bem. Discutimos e foi evoluindo para uma briga. Fomos para o quarto e ele me empurrou, me segurou pelos cabelos e começou a apontar o dedo na minha cara”, disse Maíra, que afirmou nunca ter denunciado o ex-namorado oficialmente porque tinha medo. Ela falou ainda que sabe de outras ex-namoradas do acreano que também foram agredidas, embora não tenha revelado a identidade delas.

Em resposta à publicação, a Globo se posicionou sobre as acusações. “A Globo é veementemente contra qualquer tipo de violência, mas cabe às autoridades competentes a apuração de denúncias como a que está sendo feita. Se assim for, a Globo tomará medidas, como já fez em outras edições do programa”, afirmou a emissora através de sua assessoria de imprensa.

View this post on Instagram

Parece que tá tudo doendo, tá tudo pesado, tá machucando de várias formas… Daí visto meu Hakama e tudo passa, era só miragem. Tudo fica leve, tudo é possível, nada incomoda. O Aikido me purifica e cura corpo e alma. Nada! Absolutamente nada é capaz de me afetar quando lembro que o Aikido está em mim, que EU SOU AIKIDO. Agradeço aos Samurais ancestrais que mostraram esse caminho, os guerreiros que até hoje acompanham e guiam meus passos. Domo Arigato Gozaimassu 🙇🏵️

A post shared by Vanderson Brito (@vandersonbrito) on

A irmã de Vanderson, Vanda Brito, confirmou à Quem que ele namorou Maíra por um ano, mas negou as acusações dela. “Nossa família ficou muito chocada com a denúncia dela e com a dimensão que isso tomou. Sabíamos que ela era uma menina meio difícil de lidar. Pela índole do meu irmão, nunca imaginamos que uma situação dessas pudesse acontecer. Assim que soubemos da acusação ligamos para amigos próximos, tanto dele, quanto dela para averiguar. Algumas pessoas relataram que ela era uma menina muito agressiva, ciumenta e problemática. Não tenho como comprovar porque não vi. Mas temos testemunhas, inclusive, de agressão dela contra ele”, disse.

Por enquanto, Vanderson continua no reality.

Continua após a publicidade
Publicidade