Trans de Sense8 critica Globo pela escolha de intérprete de Ivan

"Acho que os trans homens têm ainda menos representatividade que mulheres", falou Jamie Clayton ao site Notícias da TV

Por Da Redação Atualizado em 26 jun 2018, 19h20 - Publicado em 6 out 2017, 13h22
Jamie Clayton (dir.) veio ao Brasil para evento sobre diversidade Netflix/Divulgação

A atriz transexual Jamie Clayton, que vive o papel de Nomi em Sense8, da Netflix, criticou a Globo por escalar Carol Duarte para viver o personagem trans Ivan em A Força do Querer.

Clayton estava no Brasil para participar de um debate sobre diversidade, na inauguração da Casa Ponte, em São Paulo. “Sei que mulher interpretando trans não é trans. Me pergunto se isso é, em partes, o porquê da reação positiva. Me pergunto como seria se ele [o intérprete] realmente fosse trans”, afirmou a atriz de Sense8, em entrevista exclusiva para o site Notícias da TV.

Apesar de não concordar com a escalação de Carol Duarte, Jayme Clayton elogiou o fato da trama de Gloria Perez mostrar um personagem como Ivan, e todo o processo de transição de gênero. “Acho que os trans homens têm ainda menos representatividade que mulheres”, falou a atriz ao Notícias da TV, que também comentou o papel da atriz trans Maria Clara Spinelli, que interpreta Mira em A Força do Querer, uma mulher cisgênero. “Isso é ainda melhor. Ter uma atriz que se identifica como trans na vida real e vive um personagem que não é trans, é a direção na qual precisamos ir. Atuação é isso! Deixa a gente interpretar esses papéis, deixa a gente interpretar tudo!”

ivana-a-forca-do-querer
Carol Duarte tem sido um dos destaques de A Força do Querer Estevam Avellar/Globo

Sense8 foi cancelada pela Netflix após a segunda temporada, mas terá um episódio especial de despedida (com duas horas de duração), depois das manifestações dos fãs – principalmente do Brasil -, nas redes sociais. O desfecho da série já está sendo gravado em Berlim.

Continua após a publicidade
Publicidade