Sheldon & cia: nerds 1001 (in)utilidades da TV!

Por Da Redação - 26 out 2012, 20h23

Não sei se vocês já perceberam, mas há algum tempo está rolando uma “vingança dos nerds” em tudo (parece até nome de filme, eu sei). Nos anos 80 e 90, eles apareciam no cinema, nas músicas e na TV como pessoas excluídas, tentando se encaixar. Hoje não! O nerd é uma figurinha em franco processo de (auto)valorização. Dona Zooey Deschanel que o diga: lá fora, ela ganhou o apelido de adorkable, algo como uma esquisitinha fofa. E é só assistir New Girl, acompanhar o site dela – Hello Giggles – ou seguí-la nas redes sociais para entender porque ela é a rainha dos nerds.

Eu confesso que adoro uma boa série com nerds/gênios, sou meio sem noção e me sinto representada pela classe. Mas, de vez em quando, alguns clichês e habilidades surreais que estes personagens têm me deixam um pouco indignada. Tão zuando a gente, né? Toda pessoa esperta e interessante é assim?

#smartpeoplesproblems

Eles nunca, nunca conseguem se dar bem com ninguém: Gregory House (House, MD)

Continua após a publicidade

everybody lies

 

São ridiculamente bonitos: Temperance Brennan (Bones)

Continua após a publicidade

 I don’t know what that means

 

Quanto mais inteligente, menos piadas ele entende (ou sarcasmo): Sheldon Cooper (The Big Bang Theory)

Continua após a publicidade

not kill batman

 

Combinações de habilidades impossíveis: Peter Bishop (Fringe), Walter White (Breaking Bad) 

Continua após a publicidade

Estes dois são piores: falam turco, farsi, sabem atirar com 3908345 armas, tocam Frank Sinatra ao piano e entendem de drogas, armas, química orgânica e física quântica. Ao mesmo tempo. Pode?

Fala sério, isso sim é missão impossível, Tom Cruise!

O que acham dos supernerds, gente? Têm um favorito? (ou algum que eu esqueci?)

Continua após a publicidade

Beijo 😉

Publicidade