Selena Gomez revela uma das coisas mais fofas que Taylor Swift fez por ela

As duas falaram sobre sua amizade em uma nova entrevista

Por Gabriela Zocchi Atualizado em 8 jan 2020, 18h14 - Publicado em 8 jan 2020, 17h58

O novo álbum de Selena Gomez, Rare, chega no final desta semana, o que significa que a cantora continua dando diversas entrevistas para divulgá-lo. Ela, inclusive, estrela a capa da revista WSJ, do jornal Wall Street Journal, que publicou uma conversa entre a musa e ninguém mais, ninguém menos do que sua melhor amiga, Taylor Swift.

taylor-swift-selena-gomez
Reprodução/Instagram

As duas, aliás, fizeram diversas declarações fofas sobre amizade delas. “Eu sabia, desde o momento em que a conheci, que ela sempre estaria lá para mim. Ao longo da vida, criei a habilidade de perdoar aqueles que me machucaram, mas acho que nunca conseguiria perdoar alguém que tenha machucado ela”, disse Tay. Perfeita, né?

Sel respondeu com outro depoimento fofo. “Nós nos demos bem de cara e ela é minha garota. Nós duas passamos por algumas m**das ao mesmo tempo. Ela me ensinou muito sobre como eu deveria ser tratada quando ainda éramos muito jovens. Há tanto da minha amizade com a Taylor que as pessoas não conhecem, porque nem sempre a gente sente a necessidade de postar sobre tudo o que fazemos”, começou.

  • “Ela ficou do meu lado de formas que eu nunca teria imaginado. Já pegou um avião porque eu não estava bem e estava passando por um momento difícil, coisas que aconteceram na minha família… Ficou provado ano após ano, em todos os momentos da minha vida, que ela é uma das minhas melhores amigas do mundo todo. Nós não concordamos em tudo, mas nos respeitamos em relação a tudo”, completou Sel.

    Na entrevista, a cantora também falou sobre saúde mental e declarou que depois que descobriu que tinha transtornos, sua vida mudou, pois agora ela sabia o que fazer em relação a eles. “Eu tinha baixa autoestima, e isso é algo no qual eu trabalho continuamente. Mas [agora] me sinto empoderada porque conquistei muito conhecimento sobre o que eu estava enfrentando mentalmente. Eu tinha altos muito altos, e meus baixos duravam por semanas, algumas vezes. Eu descobri que sofro de doenças mentais e, honestamente, isso foi um alívio. Eu percebi que havia um forma de buscar ajuda e de encontrar pessoas em quem eu confiava. Comecei a tomar os remédios certos e minha vida mudou completamente”, afirmou ela.

    Que bom que está tudo bem, né?

    Continua após a publicidade
    Publicidade